[FECHAR]

31/05/2019

# Editora Arqueiro # Laura Sebastian

Laura Sebastian - Princesa das Cinzas - Arqueiro




Leituras de Rebecca nº159

A jovem Theodosia tem seu destino alterado para sempre depois que seu país é invadido e sua mãe, a Rainha do Fogo, assassinada. Aos 6 anos, a princesa de Astrea perde tudo, inclusive o próprio nome, e passa a ser conhecida como Princesa das Cinzas.

A coroa de cinzas que o kaiser que governa seu povo a obriga a usar torna-se um cruel lembrete de que seu reino será sempre uma sombra daquilo que foi um dia. Para sobreviver a essa nova realidade, sua única opção é enterrar fundo sua antiga identidade e seus sentimentos.

Agora, aos 16 anos, Theo vive como prisioneira, sofrendo abusos e humilhações. Até que um dia é forçada pelo kaiser a fazer o impensável. Com sangue nas mãos, sem pátria e sem ter a quem recorrer, ela percebe que apenas sobreviver não é mais suficiente.

Mas a princesa tem uma arma: sua mente é mais afiada que qualquer espada. E o poder nem sempre é conquistado no campo de batalha.



 A vida que Theodosia conhecia foi destruída quando ela tinha seis anos de idade, sua mãe, seu reinado, seu nome e sua liberdade foram tirados pelo kaiser.


Dez anos depois, ela é Thora, uma adolescente que é constantemente lembrada de sua condição de prisioneira numa gaiola dourada. Ela convive com a corte, mas está ali apenas para que o kaiser mantenha o controle do povo escravizado. A cada revolta dos escravos, o kaiser manda que ela seja torturada diante de todos.


A história é muito pesada, a bicha come o pão que o diabo amassou. Agora entendi a razão pela qual comparam Thora com Sansa Stark, a vida dela é um constante terror. Ela vive anestesiada, esperando a próxima tortura que sofrerá e se sente impotente diante do poder do homem que escravizou seu povo.


Até que um dia, ela é novamente chamada ao salão do trono e tudo muda.

Eu adorei o mundo que a Laura Sebastian criou. O povo de Thora manipulava os elementos através de pedras mágicas. O elemento de sua mãe era o fogo e ela carregava as pedras na coroa. Ao perder o trono, Thora é obrigada a usar uma coroa de cinzas para mostrar o poder do kaiser. E esse conceito ficou perfeito na trama, pois sabe quem ressurge das cinzas? Isso mesmo! Tal qual uma fênix cheia de sangue nuszói, Theodosia resolve apoiar secretamente a revolução, mesmo que isso signifique uma morte extremamente dolorosa.

A única coisa que realmente me incomodou foi o fato da sua aia ter a boca costurada. Como ela se alimentava? Precisei ligar a chavinha da suspensão de descrença pra continuar. Mas nada que atrapalhe a leitura. 

Ah! E rola um frio na barriga com dois moços bem bonitos, afinal de contas não é só de desgraça que a história se sustenta.

Recomendo esse livro para quem tem sangue frio e quer apoiar a revolução contra o kaiser. 





3 comentários:

  1. Olá!
    Eu já li esse livro e me encantei muito com a narrativa dele. Dá mesmo aquele frio na barriga de como tudo irá acabar, né? Principalmente entre os moços. Estou mega ansiosa para a continuação :D

    Aproveitei para seguir o blog <3
    Beijos,
    Blog PS Amo Leitura

    ResponderExcluir