Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

12.26.2009

Dallas Schulze – Bela adormecida – Mira


Leituras de Carol nº 313
Título original: Sleeping Beuaty

Um escrito à procura de uma boa história. Uma mulher que não desabrochou para a vida. Ele não sabe que quer ser príncipe encantado. Ela não sabe que espera por um!

Com sua velha jaqueta de couro e uma moto que já vira melhores dias, Neill Devlin não parecia ser um escritor de sucesso nem um homem tentando fugir da solidão. A cidade de Loving, em Indiana, era um lugar tão bom quanto qualquer outro para sua moto quebrar - especialmente quando ele se depara com uma bela mulher envolta num ar de mistério que acaba por enfeitiçá-lo...

Anne Moore viveu toda sua vida à sombra de uma tragédia. Prisioneira de seu próprio passado, não consegue livrar-se dos elos que a mantêm atada à cidade e a uma vida que, lentamente, a está sufocando.
Ela não está à procura de um herói - e Neill não está disposto a matar nenhum dragão. Mas, em seu coração, ele guarda a chave para a liberdade e para um final feliz - tanto para si mesmo quanto para Anne.

Ganhei esse livro de presente da minha amiga Luciane e li logo. O resumo é bem explicativo. A história é muito linda. Por causa do assassinato da irmã Anne acabou ficando a mercê da mãe superprotetora e consequentemente da cidade toda. Nenhum homem ousava “tomar liberdades” com Anne. Ela era cuidada e protegida por todos.
Foi preciso Neill, que veio de fora, para fazê-la ver que as coisas não poderiam continuar dessa forma. E foi com o apoio e o amor de Neill que ela finalmente “acordou”.
Leitura recomendada.

2 comentários:

Maísa disse...

Nuss Amooo Esse Livroo...
Jah Li elee 3 Vezees...
e Indicoo para todas as pessoas q eu sei q gosta de Romancees...
BjooS
:P

Postar um comentário

Novidades Editora Arqueiro




 

©2011Mulheres Românticas | by TNB | Layout modificado por GarotadeAquario

Copyright 2007 Mulheres Românticas Todos os direitos reservados a Flávia Cunha e Caroline Santos Proibida a cópia sem a devida autorização. Plágio é crime.