24/07/2017

Júlia Quinn - Os Mistérios de Sir Richard - Arqueiro


Leituras de Flavinha nº 651

Sir Richard Kenworth tem menos de um mês para encontrar uma esposa…
Por isso sabe que não pode ser muito exigente. Mas, quando vê Iris Smythe-Smith ao violoncelo no tradicionalmente desafinado recital de sua família, pensa que o destino trabalhou a seu favor. Ela é o tipo de garota que não atrai muitos olhares, porém algo o faz ter certeza de que é a escolha perfeita.
Iris Smythe-Smith já se acostumou a ser subestimada…
Com seu cabelo muito claro, a pele alva e o jeito discreto, ela quase sempre passa despercebida, ainda que seja a única do Quarteto Smythe-Smith que realmente sabe tocar um instrumento – não que alguém consiga escutá-la em meio à cacofonia dos concertos. Por isso, quando o charmoso Richard Kenworthy pede para ser apresentado a ela, Iris fica envaidecida, mas também desconfiada.
E quando o pedido de casamento dele se transforma numa situação comprometedora, Iris tem a sensação de que ele está escondendo algo… ainda que Richard pareça mesmo apaixonado e que o coração dela esteja implorando para que diga sim.

Então, acho que esse foi diferente. Talvez porque os outros rapazes da série ao se juntarem com as mocinhas o quarteto tinham uma ligação. Já Richard cai de para-quedas no Recital das Smythe-Smith. Outra coisa é que eles se conhecem no recital do ano seguinte ao dos livros anteriores. Podem me chamar de chata, mas eu gosto dos padrões seguidos nos romances.

Sir Richard precisa de uma esposa urgentemente e não pode demorar muito. O plano é comprometer alguma jovem que tenha um bom dote e partir para sua propriedade no interior. Daí que ele vai no recital das Smythe-Smith e percebe que talvez Iris seja uma melhor escolha para o seu plano. Afinal, ela não tem pretendentes e nem um dote tão vultuoso. Assim começa a cortejá-la.

Iris apesar de sentir que há algo errado nessa corte tão inesperada e insistente, se encanta por Richard. E começa mesmo a se apaixonar por ele. Então, quando ela está irremediavelmente apaixonada, descobre o mistério por trás do pedido de casamento de Richard.

Entendi os motivos de Richard para fazer o que fez e até entendi ele só pensar em uma saída para resolver seu problema, mas o que eu não entendi foi a Iris não ter rodado a baiana, feito um escarcéu, sei lá! Dar na cara dele ou sumir por uns tempos. Parecia até um cordeirinho (o que não condiz muito com a personalidade dela).

Achei o final ótimo (apesar de ser corrido), a autora conseguiu achar uma solução plausível e viável nas circunstâncias, mas  sei lá! parece que a Júlia quis finalizar logo e o epílogo também é tão corrido e superficial...

Mas enfim.
Amo os romances da Júlia Quinn amei a série no geral (o livro 3 é meu preferido).

Série Quarteto Smythe-Smith
01 - Simplesmente o paraíso
02 - Uma noite como esta
03 -  A soma de todos os beijos
04 - Os mistérios de Sir Richard


21/07/2017

0

Júlia Quinn - A Soma de Todos os Beijos - Arqueiro


Leituras de Flavinha nº 650

Um brilhante matemático pode controlar tudo…
A não ser que um dia exagere na bebida a ponto de desafiar o amigo para um duelo. Desde que quebrou essa regra de ouro, Hugh Prentice vive com as consequências daquela noite: uma perna aleijada e os olhares de reprovação de toda a sociedade. Não que ele se importe com o que pensam dele. Ou pelo menos com o que a maioria pensa, porque a bela Sarah Pleinsworth está começando a incomodá-lo.
Lady Sarah nunca foi descrita como uma pessoa contida…
Na verdade, a palavra que mais usam em relação a ela é “dramática” – seguida de perto por “teimosa”. Mas Sarah faz tudo guiada pelo bom coração. Até mesmo deixar bem claro para Hugh Prentice que ele quase destruiu sua família naquele bendito duelo e que ela jamais poderá perdoá-lo.
Mas, ao serem forçados a passar uma semana na companhia um do outro, eles percebem que nem sempre convém confiar em primeiras impressões. E, quando um beijo leva a outro, e mais outro, e ainda outro, o matemático pode perder a conta e a donzela pode, pela primeira vez, ficar sem palavras.

Até agora esse foi o livro desta série que eu mais gostei. O que eu realmente não esperava, pois não gostei muito da Lady Sarah nos livros anteriores. Porém, devo confessar que já estava curiosa sobre a história de Hugh Prentice. Um dos casais mais improváveis, um dos romances mais bonitos.

Sabemos que Hugh e Daniel estavam bêbados quando marcaram um duelo e que acabaram se ferindo de verdade, a perna de Hugh sofrendo o maior dano e Daniel precisando ser exilado. Daí que Sarah além de culpar Hugh pelos anos que o primo está longe, o culpa também por ter perdido sua primeira temporada e em consequência um marido.

Sarah é uma jovem bem aparentemente egoísta. E no começo é bem difícil se identificar com ela. Mas com o passar do livro vamos nos familiarizando com o seu senso de humor e vendo como a convivência com Hugh vai torná-la mais suave.


"Daquele momento em diante, Sarah não se perguntou mais por que ele não sorria com muita frequência. Em vez disso, passou a se admirar por ele ainda sorrir."

Já Hugh... É impossível não se apaixonar por esse homem. Mesmo depois de cometer um erro terrível, ele tenta a todo custo corrigí-lo. Tem um passado terrivelmente sofrido, um pai que é um verdadeiro monstro, sofre dores horríveis na perna e ainda assim, consegue sorrir. Além disse ele não tem a pretensão de se apaixonar e não acha que alguma mulher iria se interessar em um homem inválido.


“Não gostava dela. Realmente não gostava, mas, por Deus, teria vendido uma parte da sua alma naquele instante para dançar com ela.”


A forma como Hugh se integra tão bem a família Smythe-Smith é surpreendente. A forma como o romance vai se construindo entre eles é maravilhosa. O clímax da briga pode ter deixado a desejar, mas o final foi lindo. A cena deles na madrugada, do lado de fora da casa é linda! A cena da dança também!

Eu recomendo muito. E duvido você não se apaixonar por Hugh Prentice!

Série Quarteto Smythe-Smith
01 - Simplesmente o paraíso
02 - Uma noite como esta
03 -  A soma de todos os beijos
04 - Os mistérios de Sir Richard

19/07/2017

0

Júlia Quinn - Uma Noite como Esta - Arqueiro


Leituras de Flavinha nº 649

Anne Wynter pode não ser quem diz que é…
Mas está se saindo muito bem como governanta de três jovenzinhas bem-nascidas. Seu trabalho é bastante desafiador: em uma única semana ela precisa se esconder em um depósito de instrumentos musicais, interpretar uma rainha má em uma peça que pode ser uma tragédia ou, talvez, uma comédia – ninguém sabe ao certo – e cuidar dos ferimentos do irresistível conde de Winstead. Após anos se esquivando de avanços masculinos indesejados, ele é o primeiro homem que a deixa verdadeiramente tentada, e está cada vez mais difícil para ela lembrar que uma governanta não tem o direito de flertar com um nobre.
Daniel Smythe-Smith pode estar em perigo…
Mas isso não impede o jovem conde de se apaixonar. Quando ele vê uma misteriosa mulher no concerto anual na casa de sua família, promete fazer de tudo para conhecê-la melhor, mesmo que isso signifique passar os dias na companhia de uma menina de 10 anos que pensa que é um unicórnio.
O problema é que Daniel tem um inimigo que prometeu matá-lo. Mesmo assim, no momento em que vê Anne ser ameaçada, ele não mede esforços para salvá-la e garantir seu final feliz com ela.

Confesso que demorei um pouco para engatar a leitura desse livro. Os primeiros capítulos parecem se arrastar e você demora a se envolver na história de Daniel Smythe-Smith e Anne Winter. Porém, em dado momento do livro a coisa toda engrena e aí sim, o livro prende de um jeito que é preciso devorá-lo para saber o final.

Vimos no livro anterior que Anne substituiu Sarah ao piano no famosos Sarau musical das Smythe-Smith. E que Daniel se encantou com ela no instante que a viu, o maravilhoso "amor a primeira vista". Logo depois ela cuida dos ferimentos do moço e bem... também se encanta com Daniel.

O problema é que Anne esconde segredos do passado, quando um erro de uma adolescente fútil (ela mesma) a põe em maus lençóis. E Daniel... bem, sabemos que o nosso mocinho também fez besteira e acabou exilado de Londres.

Mas, mesmo com tantos impedimentos, principalmente o social, afinal Anne é uma governanta, é impossível conter a paixão que nasce entre eles. Mas o passado acaba por chegar até eles na forma de uma ameça a suas vidas. A pergunta é: O passado de Anne ou o passado de Daniel?

Não deixem de conferir esse romance, essa série. E não se deixem abater pelos primeiros capítulos. Posso garantir que a leitura flui de forma espetacular e que esse é sem dúvidas, um dos melhores livros da Júlia Quinn.

Recomendo!

Série Quarteto Smythe-Smith
01 - Simplesmente o paraíso
02 - Uma noite como esta
03 -  A soma de todos os beijos

04 - Os mistérios de Sir Richard


18/07/2017

0

Thaís Mendonça - Entre Riscos,Risos e outras coisas - Publicação Independente


Leituras de Ilca #25

Bem vindo aos anos 90.
Conheça a história de 5 amigos que tinham como amiga uma gordinha enfezada que enfrentava todo mundo em defesa daqueles que amava. Neste cenário nostálgico, fãs de Cavaleiros do Zodíaco se reconhecerão.
Prepare-se para viver uma história de amor e amizade cheia de humor.
Uma viagem no tempo que deixará um gostinho de quero mais.

Bem vindos ao "Românticas Digital"!
Sempre que pudermos, traremos a resenha de um e-book pra vocês! 
Espero que gostem!





Achei simplesmente fascinante a maneira como a autora traça a história de Gabriela e seus amigos inseparáveis. As palavras vão amadurecendo junto com os personagens e revelam sentimentos nem sempre agradáveis com muita verdade.

Não há como não fazer uma paralelo com nossa infância ao ver o companheirismo e a importância da amizade entre os personagens principais. Mesmo dona de estereótipo que a faz sofrer muitos preconceitos , Marigabi ganha escudeiros fiéis a partir da sua força e da sua coragem.

Os anos foram passando e fatos como a morte de Amigo, o escurinho medonho do filme de terror - cenário perfeito para a descoberta de novos sentimentos - e um campeonato de videogame traçam sentimentos inesquecíveis e dolorosos com o romper abrupto de laços não fortes.

"Nunca aprendi a me desapegar, com medo de esquecer.
Mas o medo não é de esquecer os meus amigos exatamente.
É medo de esquecer como é ser feliz de verdade.
E no fundo acredito que todos nós somos assim, 
a diferença é que alguns arriscam e outros param no tempo .
Espero que não seja tarde demais para mim.
Porque pretendo continuar.
Sem esquecer. "

17/07/2017

0

Lançamentos Editora Valentina - Julho

A lenda de um feroz lobisomem e uma encantadora vampira.
Improváveis almas gêmeas cuja paixão testará os limites da vida e da morte.



Desejo Insaciável - Kresley Cole
Um incansável guerreiro mítico. Nada o deterá até que possua a...
Depois de suportar anos a fio torturas constantes comandadas pela Horda dos vampiros, Lachlain MacRieve, líder do clã dos Lykae, fica enfurecido ao descobrir que sua parceira, há tanto tempo profetizada e pela qual espera há mais de um milênio, é uma vampira, assim como seus captores. Na verdade, Emmaline Troy é metade Valquíria, metade vampira. Jovem delicada e etérea que, com seu jeito todo especial de ser, é a única que pode suavizar a fúria que incendeia o faminto Lykae.
Uma vampira prisioneira de sua fantasia mais selvagem...
A doce Emmaline decide sair pelo mundo em busca da verdade sobre seus pais desaparecidos. Em Paris, um poderoso espécime Lykae a encontra, determina que ela será a sua parceira por toda a eternidade e a leva para o castelo escocês dos seus ancestrais. Lá, o pavor que Emmaline sente do Lykae – e da sua insaciável fome de prazer – faz com que ele inicie um lento e envolvente jogo de sedução e ela liberte suas mais sombrias fantasias.





Rock Star - S.C Stephens
Ele é intenso, complicado e perigoso. Ele é demais!
O único lugar onde Kellan Kyle sempre se sentiu em casa foi no centro de um palco. Tocando guitarra num bar escuro, ele consegue esquecer o passado doloroso. Nos últimos tempos a sua vida se resume em três coisas: música, seus companheiros de banda e intensos encontros sexuais. Até que uma mulher muda tudo...
Kiera é o tipo de garota que Kellan jamais deveria desejar -- ela é inteligente, doce, e também a namorada do seu melhor amigo. Convencido de que nunca conseguirá merecer o amor dela, ele esconde a sua crescente atração... até que o coração atormentado de Kiera oferece a Kellan algumas pistas de que os sentimentos dele podem ser correspondidos.
Agora, não importam as consequências, Kellan tem uma certeza: não vai deixar Kiera escapar sem lutar por ela.
Em Intenso Demais, Kiera contou sua história. Agora é a sua vez de ouvir a versão pela boca do rock star sexy que cativou fãs do mundo inteiro.






Os Impostores - A Garota do Cemitério
Ela adotou o nome Calexa Rose Dunhill, inspirada numa lápide do sombrio ambiente em que acordou, ferida e apavorada, sem qualquer lembrança de sua identidade, de quem a jogou lá para morrer ou mesmo do porquê.
Fez do cemitério o seu lar, vivendo escondida numa cripta. Mas Calexa não pode se esconder dos mortos – e, quando descobre que possui a estranha capacidade de ver as almas se desprenderem de seus corpos...
Então, certa noite, Calexa presencia um grupo de jovens praticando uma sinistra magia. Horrorizada, testemunha o ato insano que eles cometem. Quando o espírito da vítima abandona o corpo, ele entra em Calexa, atormentando sua mente com visões e lembranças que parecem não ser dela.
Agora, Calexa deve tomar uma decisão: continuar escondida para se proteger – afinal, alguém acredita que ela está morta – ou sair das sombras para trazer justiça ao angustiado espírito que foi até ela em busca de ajuda?



Confira essas e outras novidades!