30/04/16

Kristen Callihan - The Friend Zone



Leituras de Carol nº 846


A última coisa que o tight-end estrela Gray Grayson quer fazer é dirigir o carrinho rosa chiclete da filha de seu agente. Mas ele precisa de um carro e a filha está fazendo intercâmbio. Isso é algo que ele explica para ela quando ele começa a receber textos irados dela ameaçando-o caso ele arruíne o amado carrinho. E antes que ele se dê conta, Ivy Mackenzie se torna sua melhor amiga “de texto”. Mas então Ivy está de volta e e tudo fica fora de controle. Pois a única coisa que Gray pode pensar agora é estar com Ivy.

Ivy não faz sexo com amigos. Especialmente não com um jogador de futebol . Não importa o quão quente ele a faz sentir.

Gray está enlouquecendo Ivy. Ele é irreverente, sexy até dizer chega, e completamente fora dos limites. Pois Ivy tem uma regra de ouro: nunca se envolver com os clientes do pai. Mas esta regra está se provando muito difícil de manter, agora que Gray está fazendo o melhor para seduzi-la. O melhor amigo dela tornou-se rapidamente o cara mais sexy que ela já conheceu.



Significa  que Gray está fazendo uso de todas as suas habilidades para sair do status de amigo e estar dentro do coração de Ivy. O jogo começou!

Tradução da sinopse feita por mim para ver a original, clique AQUI

Bem vindos ao "Românticas Digital"!
Sempre que pudermos, traremos a resenha de um e-book pra vocês! 
Espero que gostem!


Tudo começou com um carro rosa chiclete!

Gray está sem carro, então o seu agente empresta o carro da filha, só que o carro chama a atenção, afinal temos um cara enorme, musculoso, jogador de futebol americano dirigindo um carro rosa chiclete. Ivy é a dona do carro. Ela está estudando na Inglaterra e soube do empréstimo, ela entende a situação, mas não quer que um jogador pense que seu carro é um brinquedinho e o estrague por aí, ou pior, o transforme em um "motel com rodas". Para deixar bem patente a  sua opinião resolve dizer poucas e boas para o tal jogador. 

O que começou com uma troca de farpas, via SMS, se transforma em uma amizade. Gray e Ivy sentem-se bem um com outro, a conversa flui. Mas tem uma coisinha aí. Mesmo com toda a tecnologia eles nunca viram a foto um do outro.

Só que agora Ivy está de volta aos Estados Unidos e quando eles se encontram. BUM! É aquela atração louca. 

É tudo muito estranho, para os dois, eles são amigos. Não podem querer ter sexo um com o outro. Gray nunca teve amigas, Ivy não quer se envolver com jogadores e muito menos com os clientes do pai (afinal Gray é jogador e está na lista clientes do seu pai). 

Gente!
Toda essa "tensão" faz com que este seja o melhor livro da trilogia. Gray é um "ótimo" piadista, nerd e #TUDODEBOMGOSTOSOEHOT tem que dizer em capslock (risos). Ivy também não fica para atrás no quesito simpatia.

Além de lidar com a atração entre um e outro. Os dois também tem mais algumas arestas a serem aparadas. Os problemas de Gray envolvem a família (ele vem de uma dinastia de jogadores de sucesso). Já Ivy precisa decidir qual carreira seguir. Ela passou um tempo em Londres ajudando a mãe (que tem uma rede de padarias), ela efetivamente gosta de por a mão na massa. Mas, a profissão do pai (de agente esportivo) tem os seus apelos. Ela está indecisa.

Outra coisa ótima da história é que como eles já desenvolveram uma amizade, eles realmente conversam sobre as coisas, compreendem um ao outro e se apoiam mutuamente.

Não pensem que tudo é um conto de fadas, os problemas estão lá. Mas o casal consegue resolvê-los.

Leitura altamente recomendada. 

Confira as outras resenhas

Game On Series

The Friend Zone - Gray e Ivy






29/04/16

Posted by Mulheres Românticas in , | 29.4.16 No comments
 
 
Disponíveis também em ebooks.


 
 

Disponíveis também em ebooks.
Saiba mais em:

28/04/16

Posted by Rebecca Agra in , , | 28.4.16 No comments


Leituras de Rebecca n°124

Kakeru é hesitante quanto as escolhas que tem que fazer, inclusive sobre o que sente pela Naho. Na medida em que a distância dos dois se aproxima, a Naho, cada vez mais, deseja mudar o futuro onde Kakeru não existe. Mas ela acaba percebendo que mesmo alterando o presente, o futuro da Naho de 10 anos depois permanece inalterado! Então, a dúvida surge, será que ela deve continuar seguindo o que diz a carta?


Engraçado que a continuação da história foca mais nos relacionamentos do que na carta, que continua mostrando que Kakeru está em perigo. 

Kakeru resolve investir em Naho depois de saber que Hiroto queria ficar com ela. Melhor tomar uma atitude do que ficar esperando o Hiroto partir pro ataque né?

Está muito claro que Naho gosta de Kakeru e que o sentimento é recíproco. Mas o negócio demora a acontecer e apesar dos amigos darem um jeitinho dos dois ficarem sozinhos, sabe o que acontece? Nadica! Ainnnn que vontade de ir direto pro final!

Ainda bem que tem a carta pra desvendar e descobrimos o porque de Kakeru estar tão triste. O problema agora é como mexer na trama desse destino para salvar ele. Naho está pisando em ovos sem saber como lidar com uma pessoa que pode desaparecer do seu destino a qualquer momento. Imagina o tamanho da responsabilidade?

Recomendo para quem curte romances docinhos.



26/04/16

Leituras de Flavinha nº 606

Rosas de Inverno
Em uma noite agitada, Stuart York não consegue resistir à tentação e toma Ivy Conley em seus braços. A intensa paixão os deixa desorientados. Contudo, Stuart acredita que Ivy é uma jovem problemática assim como a irmã, sempre nas capas dos jornais como pivô de escândalos. Por isso, decide se afastar, deixando-a com o coração partido. Anos mais tarde, Ivy está de volta à cidade, decidida a ser tratada como a mulher independente na qual se tornou. Para sua surpresa, Stuart insiste em ser seu protetor, porém, a batalha mais difícil que Ivy enfrentará será contra o desejo que ainda sente por Stuart!
Tempo de sedução
O que Millie Evans deseja no Natal? Ficar a salvo! Antes de morrer, seu perseguidor contratou um assassino profissional para matá-la. Agora sua vida está nas mãos hábeis do agente especial Tony Danzetta, o homem que jurara protegê-la… e por quem Millie sempre nutriu uma paixão. Quando Tony decide levá-la para sua casa a fi m de mantê-la em segurança dia e noite, Millie começa a sonhar que poderá tê-lo, definitivamente, ao seu lado.

Achei a primeira história até bonitinha. O Stuart não é tão cavalgadura quanto os outros mocinhos da Diana Palmer. Apesar de que ele se apaixona pela Ivy quando ela é novinha (as virgens estão difíceis de achar, então elas tem que ser cada vez mais novas eu acho) e por conta da idade e de algumas mentiras da irmã dela ele a afasta. 

E o reencontro não é "alguns anos depois" como diz a sinopse. Só se passam DOIS anos e ele já acha que ela está madura o suficiente pra ele degustar a fruta. No geral não tem muito conflito entre os personagens, ela só falta pisar o chão que ele pisa. Ele apesar de algumas merdas que faz, gosta dela.

A segunda história é pequena, quase um conto, e temos um cavalgadura em todo seu esplendor. Também por contas de mentiras, dessa vez de um amigo psicopata e abusador que diz que Millie é uma safada devoradora de homens, Tony já chega dando patada a torto e a direito na coitada.

Coitada porque a figura é apaixonada por ele desde sempre, e o homem demora pra ver que ela é inocente. Óbvio que depois ele se arrepende e tenta salvar ela. O final é tão "fuém" que voc~e fica sem saber qual é o sentido.

Não sei se estou sem paciência para Diana Palmer, se peguei os livros em um mau dia ou se as histórias são chatas mesmo. 


24/04/16

Posted by Flavinha in | 24.4.16 10 comments
Mais uma pesquisa Hot TDB pra começar a semana muito bem!!

Nossa #PesquisaHotTDB que é totalmente baseada no método científico de observação de TDBs! É a Pesquisa Hot TDB das @romanticas fazendo a alegria da mulherada!


Hoje vamos analisar as capas de uma série da Sandra Hill, uma sugestão da Carol que eu AMEI! A série Deadly Angels Series tem (por enquanto) oito livros. Um sobre cada personagem + um de natal. Vamos analisar então, as setes capas com os "Anjos Mortais". Votem e babem. Não necessariamente nessa ordem!

Opção 01

Opção 02

Opção 03

Opção 04

Opção 05

Opção 06

Opção 07


Gostaram? Uma delícia esses homens com asas, hein???? Adoroooooo!!!! Vamos ao resultado da última pesquisa? A vencedora foi escolhida através do Sorteador considerando os comentários válidos que tivemos: um comentário por pessoa, numerados pelo ordem que foram postados. Agradecemos a todas as colaboradoras da nossa pesquisa altamente científica! E a vencedora foi...



Parabéns Cláudia!
As @românticas vão te enviar o brinde em até 60 dias, é só mandar seu endereço (em até 5 dias) para mulheresromanticas@gmail.com (Favor colocar no e-mail: Ganhei na Pesquisa "The Montana Hamiltons").

É isso galera!

Continuem comentando que toda pesquisa tem sorteio!

23/04/16


Leituras de Carol nº 845

As regras: não beijar na boca, não ficar a noite toda, não dizer a ninguém e acima de tudo. Não se apaixonar.

Anna Jones apenas quer terminar a faculdade e fazer sua própria vida. Se apaixonar pelo quarterback estrela Drew Baylor não está na sua lista. Charmoso e confiante, ele vive no centro das atenções e é lindo demais para seu próprio bem. Se ela pudesse ignorar seus olhares quentes e parar de pensar em fazer coisas sujas e quentes com ele. Fácil né?

Pena é que ele está comprometido em fazê-la quebrar cada regra.

Futebol Americano tem sido muito bom para Drew. Deu a ele reconhecimento, dois campeonatos nacionais e um troféu Heisman. Mas o que ele realmente almeja é a sexy e espinhosa Anna Jones. Seu humor mordaz e flagrante desgosto por sua fama o transforma em nada. Mas há um único problema: ela está parando com isso. Completamente.

Isso é até que um encontro casual leva ao sexo mais quente das suas vidas, juntamente com a possibilidade de algo mais. Infelizmente, Anna quer que ele permaneça casual. Agora é a vez Drew para tentá-la com mais: mais sexo, mais satisfação, mais tempo com ele. Até que ela fique  realmente viciado.  Uma coisa boa é que Drew sabe tudo sobre ganhar.


Vale tudo no amor e no futebol... o jogo começou!

Sinopse em português traduzida por mim. Confira o original aqui


Bem vindos ao "Românticas Digital"!
Sempre que pudermos, traremos a resenha de um e-book pra vocês! 
Espero que gostem!



A pessoa começa uma trilogia pelo último, aí agora tem que começar do início.
Enquanto no "The Game Plan" já temos todos os amigos (Drew, Gray e Ethan) já jogadores profissionais, na primeira história eles ainda estão na faculdade.

Drew é o que diz a sinopse. Bom demais para ser verdade. E é verdade. Apesar de toda a bajulação a que ele é alvo, ele é um cara legal. A exemplo de Anna, também está louco para terminar a universidade e jogar na NFL (National Football League - Liga Nacional de Futebol Americano). A única tristeza na vida é não ter os pais para vê-lo tão bem (ele é órfão).

Mas além de terminar a faculdade e jogar na liga profissional ele também quer Anna. Fazendo uma turma juntos, ele fica fascinado com a inteligência, humor e beleza dela. E não entende o porquê dela rechaçá-lo tanto.

Anna quer sair de tudo isso, não quer chamar a atenção, quer terminar a faculdade e, mesmo sem saber exatamente qual profissão seguir, quer sair dali. E não se sente confortável com a atenção de Drew. Para ela, mesmo ele tendo se mostrado mais que um jogador metido a besta, ela não quer se envolver, pois sabe que pode levar a pior.

É minha gente, nossa cara Anna tem sérios problemas de auto estima e por isso não entende como um cara #tudodebomgostosoehot como o Drew vê nela. Ela tenta de tudo para que ele vá procurar outra garota mais disposta, mas ele insiste e ela não resiste, mas quer que tudo fique na casualidade, não quer se machucar. Ela planejou muito bem como ficar imune a tudo isso. Só esqueceu de avisar ao coração.

Como a outra história que li da autora, ela nos envolve na história e faz com a gente torça para que o casal dê certo. Difícil não torcer pelo Drew ela o fez quase perfeito e também pela Anna (apesar de algumas vezes querer dar uns tapas por ficar se negando). Já temos direito a uma participação do próximo mocinho, o Gray (afinal ele é amicíssimo do Drew). Além disso, o pano de fundo do futebol americano mostra como os estadunidenses são completamente loucos pelo esporte universitário.

Afirmo novamente. É uma pena que, provavelmente, essa história não seja trazida por uma editora brasileira. Se você já lê em inglês. Se jogue! 

Que venha o livro do Gray. 

Game On Series

The Hook Up - Drew e Anna
The Friend Zone - Gray e Ivy

22/04/16


Este será um fim de semana de promoções!
Um romance e dois contos grátis!

 Sexta 22/04  - Díspa-me! 
Esse é o primeiro conto de uma série erótica "Muito Prazer.

Sábado 23/04 - Pedido de Casamento. 
Esse é o livro 1 da série "Clube do Buquê"

Domingo 24/04 - Meu Amante Vampiro 
Conto que ganhou 1° lugar em um concurso cultural da Universo dos Livros.

Baixem, leiam e se divirtam!