13/03/2010

2

Cathy Williams – Febre da atração – Paixão 114


Leituras de Carol nº 368

Título original: Taken by her greek boss
Nick Papaeliou, um homem rico, poderoso e sempre cercado de lindas mulheres, de repente se sente atraído por Rose. Para todos, esse é um grande mistério, já que ela é comum e sem graça. E mais: ela não é do tipo que se atira aos pés de Nick...
Rose gostaria de poder detestar seu arrogante chefe grego, mas precisa do emprego. Quando a impiedosa sedução de Nick começa a minar sua convicção, ela rapidamente lembra a si mesma de que, após conseguir o que quer, ele a dispensará.
Mas Nick terá uma surpresa! Porque, sob as roupas nada reveladoras, se esconde a mulher mais fascinante que ele jamais imaginou amar...



Lembro de ter pego esse livro depois que vi uma cotação boa no Skoob e não me arrependi. Apesar de seguir um clichê básico dos nossos livrinhos (chefe e secretária) este tem algumas diferenças. A mocinha é “gordinha”, tem uma irmã que não quer suplantá-la e o melhor um mocinho que diz “eu te amo” primeiro (risos).
Rose vivia à sombra da irmã bonita (mais por coisas da cabeça dela, do que por algo que a irmã impunha), por isso se vestia de forma a esconder o corpo (quem tem um pouco mais de carne sabe o que acontece quando você esconde tudo demais, fica uma coisa disforme).
Nick acaba conhecendo Lily e por conseqüência Rose, quando quer ajudar a primeira na carreira de atriz. Como sempre ele fica intrigado por Rose não cair a seus pés e faz várias manobras para ficar junto dela. 
Gostei da cena em que eles terminam. Nick quer que Rose aceite o fato de ele só querê-la para ser amante, com aquela velha desculpa de que não está pronto para compromisso. Rose é firme e nega, claro que sofre pencas depois, mas não arreda pé das convicções.

2 comentários:

  1. "e o melhor um mocinho que diz “eu te amo” primeiro (risos)" - adorei. Gosto também! rsrsr

    bjos

    ResponderExcluir
  2. Olá meninas, adoro o blog de vcs e ja estou seguindo.

    Deixei um selinho pra vcs no meu blog.
    Bjokas.

    ResponderExcluir