14/05/2010

# Carol Lynne # Cattle Valley

Carol Lynne - Mistleltoe - Cattle Valley 02 - Maratona de Banca - Maio - HOT




Leituras de Carol nº 394
O Reverendo Casey Sharp, ama sua igreja, sua congregação e sua comunidade. Ele só deseja que eles o amem também. A comunidade o estava fazendo pagar pelos pecados do antigo reverendo, e isso o fazia sentir-se abandonado.
O empreiteiro, Halden Kuckleman, ama sua vida quieta. Depois de um trauma de infância, Hal desistiu do amor e de Deus. Quando contratado pela igreja para terminar a obra de uma nova sala de reunião, diz para si mesmo que é apenas um trabalho como outro qualquer. Ele trabalharia bem, desde que o Reverendo Sharp não o tentasse salvar.
Com um prazo final apertado para terminar a sala, Hal começa a se perguntar como ele vai conseguir terminar o trabalho antes da festa anual, na Véspera de Natal. Quando Casey se oferece para ajudar, porém, ele começa a se perguntar se o belo ministro o ajudará a terminar a obra ou apenas o fará cair diretamente em tentação.


Alguém pode pensar, mas porque ela escolheu justamente o livro 02 da série e não o primeiro?

Escolhi o segundo porque dentre todos os que li achei esse o mais polêmico, por envolver uma figura que nós brasileiros (país onde boa parte da população é católica) não está acostumada, um reverendo.

Na nossa "tradição católica" não vemos um "representante de Deus" como uma figura que tenha desejos sexuais, até pelo fato da própria Igreja não admitir isso, sem falar também que quando há a relação padre e sexo só aparecem notícias sobre padres pedófilos.

Pois bem, escolhi este livro justamente por isso. Temos o reverendo Casey que

Apesar da vocação escolhida, Casey era um homem que gostava de sexo, montes de sexo. Foi a única razão pela qual ele tinha escolhido ir para a faculdade para obter o seu mestrado em estudos religiosos, em vez de entrar em um seminário.
Ele só quer fazer seu trabalho, trazer a palavra de Deus para a comunidade. Mas (como em qualquer romance de banca) ele não contava com a atração pelo empreiteiro Hal. 
Hal tem um sério problema com a Igreja e consequentemente com seus membros e agora como lidar com a atração que surge entre ambos.

A autora trata do relaciomento homossexual de forma muito madura. É um relacionamento franco e aberto entre pessoas que se sentem atraídas uma pela outra e consequentemente apaixonadas, é claro que isso acontece porque todo o clima dos livros é propício, afinal Cattle Valley é um paraíso, pois lá as pessoas podem expor abertamente a sua identidade sexual.

Se o livro é hot?! É, HOT, apesar que dentro da série ele está mais para romântico, mas creio que se Tonks do Romances in Pink ler esse livro ele vai levar selo de Hot Aprovado.

Para mim a série toda é leitura recomendada, principalmente para nós heterossexuais revermos alguns conceitos. 

Eu admito, VICIEI nessa série. Li até agora 05 livros, a série toda tem 19 (isso mesmo DEZENOVE). Quer saber quais são os outros? Tem link para baixar no blog Magia e Romance

Carol Lynne (perceberam que a pronúncia é quase Caroline? kkkkkkk) é autora de romances eróticos e navegando na página dela na internet achei o "About Carol" que é muito engraçado. Confiram aqui




11 comentários:

  1. Carol,

    Que livro heim?
    Reverendo homo com empreteiro.
    Não dá nem pra imaginar...
    Sabendo agora desse livro tao polemico decidi que vou ler..kkkkk

    Adoro polemicas.

    Adorei a resenha.

    Bjos,

    ResponderExcluir
  2. Arrasou! Livro hot, tema super polêmico homossexualismo e ainda envolvendo um reverendo.

    Eu tenho muita vontade de ler, mas tenho certa dificuldade de ler e-books. Essa série nem em sonho vai ser lançada no Brasil de forma oficial devido ao seu tema. Uma pena.

    bjos

    ResponderExcluir
  3. Carol, concordo com gênero, número e grau.
    Adoro os livros da Carol Lynne por serem românticos e eróticos. E por tudo ser tratado de maneira bonita e natural. Nada fica forçado ou mecânico.
    Pra quem quer conhecer novos estilos, começar com ela é uma ótima!

    ResponderExcluir
  4. Nunca li nada dessa autora, mas adoro romances que não esbarram nessa coisa de homem e mulher, como eu sempre digo, cada um é dono de sua bunda, então cuide apenas da sua.
    Vou correr atrás desse para ler.
    Bjos

    ResponderExcluir
  5. Oi, CArol! ^^
    Resenha mis que polêmica, heim???
    Parabens!
    Massssssssss... vamos lá:

    Não sou uma hetero cheia de preconceitos, como você citou, mas sou romântica ao extremo.
    O máximo que cheguei foi assistir " O segredo de brookeback mountain",e realmente me revoltei com o fim... mas não creio que eu leria um livro notavelmente homossexual.
    Não que seja preconceito, mas para mim amor ainda é 1+1, homem + mulher, piriquita + papagaio (risos).

    Ainda ,que como vc falou, seja Romantico e hot, acho q passo longe...
    kkkkkkkkk

    Mas valeu a dica. Só uma érgunta: Todos os outros livros da série são sobre homopssexualidade? Cattle Valley é tipo uma colônia liberal?

    ResponderExcluir
  6. Carol,
    Já entendi porque vc viciou nessa série. Rindo aqui ...
    Já anotei a dica ! Affff acho que vou viciar também.
    Beijos
    Luka.

    ResponderExcluir
  7. Sabrina, sim Cattle Valley tem esse objetivo, ser um lugar onde as pessoas não tenham medo de revelar a sua identidade sexual e também não sofrem represálias por isso.

    ResponderExcluir
  8. sei lá... ADOOROOO Hot, mas n~]ao nesse estilo XD

    ResponderExcluir
  9. Wow!!! Bem polêmico mesmo, né?! Não é meu estilo, mas pra quem gosta, fica aí uma boa dica, hehe!!!!

    ResponderExcluir
  10. Boa tarde,

    Como faço para baixar o livro?
    Obrigada! :-)

    ResponderExcluir

POR ONDE AS ROMÂNTICAS PASSARAM