[FECHAR]

18/06/2010

# Carol Marinelli # Harlequin Special

Carol Marinelli - Um pequeno milagre - Harlequin Special 23


Leituras de Carol nº412
Título original: One tyni miracle

Ben Richardson ainda não superou a tristeza pela morte da esposa. Por isso, se surpreende ao se sentir atraído por uma bela grávida na praia. Mas Celeste está obviamente enfrentando uma gravidez problemática... e sozinha!
Ben não consegue deixar de ajudá-la, e estar com ela o faz perceber que pode haver um futuro para ele... se estiver disposto a arriscar seu coração...

Quando a Harlequin Brasil colocou essa capa no site, fiz um comentário no twitter do blog @romanticas que essa capa já estava entre as mais fofas do ano. Um cute-cute só. E a capa internacional não fica atrás em fofice.




No momento em que a editora aceitou o blog como parceiro (é isso mesmo! o blog  agora é parceiro da Harlequin Books) não imaginávamos que esse livro viria a nós para que pudéssemos resenhá-lo.
Posso dizer, que sorte demos!

A história é linda! Carol Marinelli conseguiu me emocionar, e admito que ultimamente ando muito insensível, várias partes do livro me fizeram chegar as lágrimas. Tudo está muito redondinho, até as passagens onde são descritas as cenas do hospital (afinal Ben é médico e Celeste está estudando Enfermagem) não ficaram pesadas ou enjoativas, creio que isso se deve ao fato de Carol Marinelli ser enfermeira.

Este foi um dos livros onde gostei do casal em medidas iguais. Ben é um TDB fofo, mas você não vai enjoar dele. A dor dele por ter perdido a esposa e a filha é mostrada de forma real, é claro que tem aquele clichê clássicos dos romances (não quero me envolver mais para não sofrer) e ele precisava superar isso para aceitar que merecia outra chance na vida e ser feliz. Celeste é guerreira, afinal ser mãe solteira não é fácil independente da época. E ela é bem franca e direta com Ben quando diz que quer ele como um todo e que ele deve aceitar não só ela, mas também a filha.

Bem... vou parar senão conto o livro todo!
Recomendo!


10 comentários:

  1. Eu vou atrás desse livro para ler, adorei a capa e o enredo.
    Bjos

    ResponderExcluir
  2. Oi Carol,

    Ah que lindo e olha que vc sabe que nem é meu estilo de leitura favorito mais este vai pra lista. A capa é fofa demais e a história é mesmo muito linda, já vi que vou chorar horrores rsrs

    bjo

    ResponderExcluir
  3. Não li nenhum livro dessa série ainda, mas já igo que só as capas já me conquistaram. ^^
    beijos.

    ResponderExcluir
  4. Hum, não curto muito estórias com mocinhas gravidas, acho estranho pra caramba, sei lá, passa uma sensação esquisita.
    Salvo se ela for viuva de guerra, ou ela ser super bem resolvida na vida e ter feito inseminação artificial, ou forçando muito a gravidez ser fruto de uma violência, que tb não gosto, mais que entendo, mais fruto de um relacionamento que não deu certo, geralmente não me atrai. Não me convence ela se apaixonar pelo mocinho depois, afinal o bebê dela é prova de que a pouco tempo ela esteve APAIXONADA por outro, e pior, não vez muito caso da proteção na hora da transa. Com camisinha ou não, a mulher de hoje precisa ser mais espera, não há mais desculpas para ser mãe solteira sem querer hoje em dia
    Mais de repente, quem sabe?
    Preciso de mais detalhes, tipo, quem é o pai do bebê, pq não está com ela, essas coisas, rsrsrs.
    Depois disso talvez me sinta mais a vontade para ler ele.
    Já sei, sou radical mesmo, rsrsrs, mais gosto é gosto né?
    Bjs

    ResponderExcluir
  5. Será que sou a única a não gostar dessa capa?!
    Caramba, eu não compraria esse livro pela capa, não faz meu gênero, mas a história me pegaria.
    Então como sou muito de comprar pela capa...
    Pela resenha parece bem legal!

    ResponderExcluir
  6. Agora vou ter que comprar! Afff! Mais despesas. rsrsrs

    bjokas

    ResponderExcluir
  7. Tem selinho pra vc lá no Blog.
    Bjs,
    Cy.
    http://bibliotecaderomances.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  8. Gente,

    Já li a história e também fui às lágrimas, ela é belíssima! Os protagonistas são tão "gente como a gente", tem falhas e qualidades, a história é bem construída que vale a pena! Não deixem de ler.

    Um abraço!

    ResponderExcluir
  9. Hum, adoro livros com médicos! Tenho uma pequena resistência com mocinhas grávidas de outro homem, mas eu to sendo vencida, viu! kkkkkkkkkk. Bjs.

    ResponderExcluir
  10. Românticas,
    Eu adorei esse livro!!!! Sorri, sofri e suspirei com os mocinhos ... em várias partes eu ficava com o "coração apertadinho".
    O Ben é um fofo! Dá vontade de colocar no colo!

    Para as meninas que não são muito fãs de histórias com mocinhas grávidas: Não deixem de dar uma chance a esse livro!!

    BjoO

    ResponderExcluir

POR ONDE AS ROMÂNTICAS PASSARAM