[FECHAR]

01/06/2011

# Harlequin Dueto # Leituras de Carol

Michele Hauf – Príncipes imortais – Harlequin Dueto 21 – Nocturne – Maratona de Banca




Leituras de Carol nº 547

Algoz de anjos
Título original: Angel Slayer
Durante toda a vida, Eden Campbell sonhara com anjos... mas nenhum deles era como aquele que a atacou. Agora uma musa, ela terá de conceber a cria de seu agressor... O futuro de Eden lhe prometia o apocalipse. A quem ela poderia recorrer senão a Ashur, um belo matador de anjos? Mas sua proteção tinha um preço. Ashur não era um homem... nem um anjo: era um demônio, invocado do mundo inferior para matar seu agressor. Ele podia cometer qualquer pecado, mas não podia se apaixonar. No entanto, essa era a única coisa que Eden queria dele. Como escolher entre uma sentença de morte e uma vida sem Ashur?
Tango ao luar
Título original: Vampire’s Tango
 Como vampiro, Alexandre Renard jamais conhecera mulher mais intrigante que Veronica Marshall. Ele esperou semanas até que ela desse o primeiro passo... e não se decepcionou quando compartilharam uma sedutora dança em um clube de tango em Paris. A paixão o fez desejar saborear aquele abraço eternamente... apesar de saber que Veronica era uma assassina à espera de uma chance para destrui-lo!

Ok, ok!
Eu me interessei por este livro pela capa! Admito!
Olha os bíceps dessa criatura?! E os ombros?! Affff! #delícia
Mas a sinopse da história também é interessante. Anjos... a moda do momento, afinal não podemos viver somente de vampiros e lobisomens.
Mas estes anjos não se encaixam no estereótipo dos seres bonzinhos, com asas (quase) fofas. Na história de Michele Hauf eles são seres metálicos e os anjos caídos, praticamente o supra-sumo da maldade.
Se você não entende nada de anjos caídos, nefelins, algozes de anjos e etc, sugiro a leitura de algo que explique, porque nessa história as informações são tantas que dá para se perder.
Eu gostei muito dessa história, apesar de ter descoberto que ela é a segunda de uma série. Mas todo o tempo eu a imaginei sendo desenhada. Ela merece uma versão em quadrinhos. A autora evoca muitas imagens que ficariam fantásticas no traço japonês #ficaadica.
A segunda é um brinde, um conto, a última história de uma série. É boa também.

8 comentários:

  1. Adorei sua resenha, mais leio livro com 2 histórias em último caso...rsrs

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Achei a sinopse bem diferente. Deve ser pq leio muito pouco histórias de anjos... =P

    Mas parece legal, leria sim

    teh mais

    ResponderExcluir
  3. Realmente a capa chama a atenção, rs. Mais a história não me atrai.

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  4. A capa tbém me interessou!!rsrsrsrsrs!!!!! Ultimamente eu ando ligada em anjo, e não é da guarda!!!!

    ResponderExcluir
  5. Concordo, a capa é maravilhosa.
    Adoro livros de vampiros, mas confesso que nos romances de banca ainda não me aventurei neste estilo.
    Pela sinopse percebi que a história contem anjos também, não é o meu tema preferido, mas fiquei curiosa vou colocar na minha listinha de leitura.
    Bjs, Andreia C.

    ResponderExcluir
  6. Adoro anjos ( os caídos então, rsrsrs) e ainda não li nenhum estilo deste nos amados livros de banca. Bjs, rose:D

    ResponderExcluir
  7. Oww! A capa é divina (ou divino é esse homem estapando nela XD)
    Faz tempinho que quero ler esse romance (li resenha dele no Romance in Pink!) e gostei da sinopse.
    Acho que agora vou procurar lê-lo... adoro temas com anjos! =)
    Gostei da resenha!

    bjuss

    ResponderExcluir
  8. Não sou muito fã de vampiros mas essa capa hein? Tudo de bom mesmo! Me deu até vontade ler o livro! :D

    Bjos!
    Thaís
    @sweet_lemmon
    http://umaconversasobrelivros.blogspot.com/

    ResponderExcluir

POR ONDE AS ROMÂNTICAS PASSARAM