09/11/2011

# Clássicos da Literatura Romântica # Leituras de Carol

Miranda Jarrett – Insensata Paixão – Clássicos da Literatura Romântica


Leituras de Carol nº586


Título original: Columbine


Sparhawks 1/9


A revelação de uma grande escritora neste emocionante retrato da colonização da América


O mundo dourado de privilégios havia se esfacelado. Revoltada, Dianna Grey olhava para suas companheiras de cela, presas por embriaguez, prostituição ou roubo. Ela, nobre dama inglesa, era a única acusada por tentativa de assassinato. Com tristeza, lembrou-se da farsa do julgamento, da implacável condenação. Para escapar da forca, restava-lhe apenas a alternativa de embarcar num navio de degredados criminosos, rumo às colônias americanas, para trabalhar para algum fazendeiro que a comprasse.

Kit Sparhawk viu Dianna desembarcar sem lágrimas no Novo Mundo. Admirou sua coragem e sentiu-se terrivelmente atraído pela jovem encantadora. Mas não iria suavizar a realidade de Dianna... Para Kit Sparhawk, ela merecia mesmo ser castigada!


Os Sparhawk é uma das sagas familiares mais famosas do mundo dos romances de banca. Foi publicada há um bom tempo pela Nova Cultural. Os piratas e a colonização da América funcionam como pano de fundo para contar a história dessa família. 


Há anos eu tinha lido “Amante do Pirata” sem saber que era parte de uma saga, quando descobri fui a busca. Esse “pobres” livros, mesmo sendo difíceis de encontrar, já estavam há no mínimo 2 anos na minha pilha de espera, então finalmente resolvi começar a ler.


E a série já começa bem, com aventura, reviravoltas e um vilão bem malvado mesmo.

Na primeira parte Kit está em Londres para cumprir uma promessa ao irmão, mas acaba vendo uma cena deveras estranha. Uma mulher que na tentativa de se defender, quase mata uma pessoa. Claro que havia mais que isso.


Dianna é neta de um duque, mas como órfã acaba ficando com um tio, que tem sentimentos mais que fraternais com ela. Na tentativa de se defender dos seus avanços acaba agredindo-o e o poder do tio acaba levando-a a ser deportada para a América (vale ressaltar que era o destino da maior parte dos criminosos). No navio, o destino volta a cruzar Kit e Dianna, mas ele é claro (como quase todo mocinho obtuso) prefere acreditar nas mentiras inventadas em Londres do que na inocência dela. 


Mas a história reserva mais para eles. Os dois voltam a se separar... para encontrarem-se novamente, agora na propriedade dos Sparhawk, Plumstead. É lá que o romance dos dois (e a as dificuldades) vão se apresentar. 


Miranda construiu uma boa história, onde o choque de realidade (pelo menos para Dianna) funciona bem. O mocinho também teve sua transformação, passando de príncipe encantado, para algoz e novamente para príncipe. E com ela não tem enrolação, quando ele se descobre apaixonado por Dianna revela logo seus sentimentos e os dois vão juntos atravessar os obstáculos.


Jonathan, personagem da segunda história já aparece por aqui.



Sparhawks 


Columbine - - Insensata Paixão - Clássicos da Literatura Romântica 126

Spindrift -  O Náufrago - Clássicos Históricos 16

Mariah's prize - A amante do pirata - Clássicos Históricos 43

The secrets of Catie Hazard  - Um segredo de mulher - Clássicos Históricos 116

The Sparhawk Bride  - O rapto da noiva - Clássicos Históricos Especial 13

Gift of the heart  - Presente do Coração - Clássicos Históricos 136

Desire my love  - Desire, meu amor - Clássicos Históricos 54

Sparhawk's lady - A princesa e o plebeu - Clássicos Históricos 71

Sparhawk's Angel – Não publicado no Brasil


A relação entre cada livro você pode conferir nas ótimas resenhas feitas pela Beta do Literatura de Mulherzinha clicando AQUI

Nenhum comentário:

Postar um comentário

POR ONDE AS ROMÂNTICAS PASSARAM