[FECHAR]

16/02/2012

# Editora Objetiva # Leituras de Rebecca

Robert Masello - Sangue e Gelo - Objetiva


Leituras de Rebecca nº 06
Título original: Blood and Ice

Dezembro de 1856. Em meio a uma tempestade, nas proximidades do Polo Sul, marinheiros aterrorizados fazem um casal caminhar pela prancha do navio e se jogar ao mar. Mais de 150 anos depois, um fotojornalista em profunda crise aceita um convite para fazer uma reportagem na estação de pesquisa científica americana na Antártica. Em Sangue e Gelo, conhecemos a dimensão trágica da história de amor entre o tenente Sinclair Archibald Copley, do 17º Regimento de Lanceiros do Exército inglês, e a enfermeira Eleanor Ames, da equipe formada pela pioneira da enfermagem, Florence Nightingale. Um amor que sobrevive aos preconceitos de classe, ao horror da Guerra da Crimeia - e aos séculos. Testemunhamos, através do olhar atento e um tanto amargurado de Michael Wilde, a dura sobrevivência de militares e cientistas numa base isolada no continente mais inóspito da Terra. E, quando o gelo derreter, saberemos o que pode acontecer quando esses dois mundos se encontrarem.

Esse é um suspense agoniante que me levou numa aventura que atravessa continentes e séculos desde a Inglaterra Vitoriana (adooooro!) até uma remota estação de pesquisa na Antártica.

A vida do jornalista Michael Wilde virou recentemente de cabeça pra baixo por causa de uma tragédia e ele resolve se jogar no trabalho e ir pro lugar mais longe e difícil possível. E ele vai logo procurar consolo no lugar mais inóspito da Terra, a Antártica! Lá, numa geleira antiga, ele se depara com dois corpos presos com correntes, aparentemente, a mais de 150 anos. Junto deles há um baú cheio de uma estranha e sinistra carga. Em um lugar cheio de icebergs brilhantes e onde o Sol não se põe por vários dias, Michael corre para desvendar o mistério desse casal.

E aí? Será que eles são vítimas de superstição ou eram algo muito perigoso pra se manter a bordo? Lá fui eu indo e voltando na história até que as linhas do tempo se encontram no momento em que o casal desperta! Milagre ou pesadelo? Quem são eles? O que são eles?! E o pior de tudo... Na Antártica não há lugar pra se esconder...

O livro é muito bom! Mistura duas coisas que eu adoro, suspense e história, e ainda tem romance! Rola um triângulo amoroso muito complicado entre Michael, Eleanor (a moça presa no gelo) e Sinclair (o moço do gelo). Michael quer protegê-la de qualquer jeito, Sinclair que está obcecado em mantê-la longe de tudo. No meio da confusão Eleanor tenta entender o que ela é, onde ela está e morre de medo de tudo! Hahahahahaha!

Eu gostei muito, vale a pena ler!


Nenhum comentário:

Postar um comentário

POR ONDE AS ROMÂNTICAS PASSARAM