11/07/2012

# Bertrand Brasil # Leituras de Carol

Nora Roberts - Dália Azul - Bertrand Brasil


Leituras de Carol nº 652

Título original: Blue Dahlia

Trilogia das Flores 1/3

Stella Rothchild tem compulsão por planejar tudo em sua vida, o que, segundo ela própria, a mantém longe de imprevistos. Quando se apaixona perdidamente, o leitor verá a luta dela para evitar ir contra tudo que sempre defendeu.

O livro começa com a morte repentina do marido da protagonista e sua mudança, com os dois filhos, de Michigan para Memphis. Ela vai morar na misteriosa Harper House onde trabalhará como responsável pelo famoso e enorme viveiro de plantas. Na mansão centenária, mora a severa Roz Harper e também a assombração da Noiva Harper, que anda pelos corredores cantando canções de ninar.

Depois de um período de luto, Stella reencontra a felicidade em sua nova casa e seu trabalho, e descobre em Roz uma ótima amiga. Quem também fará parte de sua vida é o designer Logan Kitridge, que ela odeia no primeiro momento, pois é a sua antítese: vive no caos, é impulsivo e não planeja o futuro. Com o tempo, a tensão torna-se admiração e amor. O único problema: a Noiva Harper não suporta a felicidade alheia.


Em suas entrevistas Nora sempre diz que o livro preferido dela é o que acabou de escrever, mas a nota de abertura do primeiro livro da Trilogia das Flores me fez pensar que esses foram, por assim dizer, mais especiais que os outros.

Ele é praticamente uma ode a jardinagem... como sempre Nora Roberts faz uma ótima pesquisa temática para nos envolver no pano de fundo em que ela insere suas histórias de amor.


Dessa vez ela lidou com um tema muito próximo a ela, que é o cultivo de plantas. Admito que não conhecia os nomes de grande parte das flores e plantas que ela nomeia na história de Stella e Logan, mas apesar disso a narrativa me envolveu muito e consegui (claro que com a ajuda do Google Imagens) visualizar todo o esplendor das flores e plantas.

A abertura do livro
também nos diz que o sobrenatural faz parte e é o motivador da história dos três casais. Ela é divida em dois momentos, no século 19 vemos a história de Amélia. Um corte no tempo e estamos em 2001  contextualizando o grande baque sofrido por Stella.

Como sempre Nora coloca um homem e uma mulher que a princípio são antagônicos e que não compreendem porque se sentem tão atraídos um pelo outro. Stella é metódica (e acredito se não fossem os filhos seria extremamente chata). Logan é a espontaneidade e criatividade, ele não consegue entender como uma pessoa (Stella) pode gostar tanto de listas e formulários (risos). 

A Noiva Harper (a fantasma não tão camarada com os adultos e adorável com as crianças) vai aparecendo na história e fazendo com que os demais personagens "se mexam".  As crianças são ótimas e David é uma figura.  

Hayley e Harper, Rosalind e Mitch (os dois casais dos próximos livros já têm seus "conflitos" delineados).

Rosa Negra será lançado em setembro e no final do ano poderemos comprar Lírio Vermelho.

5 comentários:

  1. Adoro a NR e como tal não posso deixar de conhecer mais esta história que como sempre parece ser ótima.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  2. UAU!
    Muito bom...
    Amo ela oin

    Selene Blanchard
    Modaeeu.blogspot.com
    Espero sua visita

    ResponderExcluir
  3. Eu li o primeiro capitulo desse livro em um site, e fiquei muuuuuito curiosa! Adoro os livros da Nora e esse parece estar entre os melhores, vou comprar assim que der, e tenho certeza que vou adorar!
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Não vou mentir... Super curiosa sobre o casal Hayley e Harper. Ele é super delisgado e ela é uma tagarela. Vai ser interessante ler sobre eles.

    bjss

    ResponderExcluir
  5. Eu gostei dessa premissa... fantasma mexendo com as pessoas... e esse pelo visto só atazana o alvo chave. hahah
    Já gostei do rapaz por ser extrovertido... só assim para aturar uma chata!!! XD

    ResponderExcluir

POR ONDE AS ROMÂNTICAS PASSARAM