[FECHAR]

06/08/2012

# Bertrand Brasil # Leituras de Flavinha

Mary Jo Putney - Magia Roubada - Bertrand Brasil


Leituras de Flavinha nº 384

     Presença constante nas listas de mais vendidos do New York Times, Wall Street Journal e Publishers Weekly, e vencedora de prêmios literários importantes, Mary Jo Putney apresenta seu segundo livro no Brasil: Magia Roubada. Uma trama em que a magia e a ciência se encontram e onde o amor e as obrigações se enfrentam.
     O universo mágico está de volta com todo o romance e a aventura que encantaram os leitores em Um Beijo do Destino. O universo mágico, situado na exuberante paisagem londrina do século XVIII, agora é retomado pela incrível história de Simon Malmain, o conde de Falconer.
     Magia Roubada possui personagens bem-desenvolvidos e uma trama que deixa o leitor a todo momento tenso com uma possível reviravolta. Putney alia amor, erotismo e ficção científica na medida certa, criando um livro que agradará tanto os fãs românticos quanto os fanáticos por fantasia.
     Quando lançado em 2005, o livro foi considerado um dos dez melhores romances do ano pela Booklist, além de concorrer ao Romantic Times Award.


Olha eu aqui de novo, falando do segundo livro dessa série mágica! lembram que apesar de um relutante começo em Um Beijo do Destino eu acabei me empolgando com o livro e já fiquei louca para ler o livro do Simon, o segundo da série. Eis então que Magia Roubada foi mais do que eu esperava. Sim, porque ao contrario do livro anterior eu já me empolguei nas primeiras páginas. 

Bom, achei que a autora expandiu mais a rede de magia, por assim dizer. Havia um inimigo real - Lord Drayton - e várias pessoas com poderes sendo usadas por ele. Simon é um tipo de fiscal da magia (ele fiscaliza o Duncan no livro anterior) e  ao tentar confrontar Drayton ele é pego em uma armadilha e transformado em unicórnio. A intenção de Drayton é matar Simon, mas ele é salvo pela doce Meg.
Meg é uma mocinha cheia de poderes que teve sua energia sugada durante dez anos pelo terrível Drayton. Determinada ela salva Simon e é salva por ele. Os dois se unem em um casamento de mentira na luta contra Drayton e todo o perigo que ele representa. 

Apesar de estar doida pra dar louca por Simon eles não podem fazer sexo selvagem amor porque ela tem de se manter virgem para salvar Simon do encantamento e isso cria situações HOT e outras bastante embaraçosas. Até porque o unicórnio também se sente atraído por ela e um unicórnio excitado deve ser algo digno de se ver... mas voltando ao livro... 


Ele fala também sobre a revolução industrial e todas as vantagens e as desvantagens que o progresso traz, mas deixa claro no início do livro que usou de licença poética, já que a revolução de fato só aconteceria anos mais tarde. 


Bem, o livro tem várias reviravoltas e momentos surpreendentes! Consegue deixar a gente ligado do início ao fim, cheios de expectativas. A Jean aparece bastante no livro e já estou curiosa para ler sobre ela! Recomendadíssimo!


A série The Guardians - Os Guardiões - é composta de sete histórias, sendo três livros (o do Duncan, o de seu amigo Simon e o da sua irmã caçula Jean) e quatro contos. 



Guardian Series
"The Alchemical Marriage" (2004)- (Adam Macrae)
2 - Stolen Magic (2005) - Magia Roubada - (Simon e Meggie)
3 - A Distant Magic (2006)- (Jean e Nikolai)
"The Tuesday Enchantress" (2009)- (Charlie e Maggie)
"The White Rose of Scotland" (2010) (David Sinclair e Jane Macrae)
"The Demon Dancer" (2010)- (Bethany e David)

Visite o site da autora: http://www.maryjoputney.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

POR ONDE AS ROMÂNTICAS PASSARAM