12/10/2012

2

Sylvia Day - Toda Sua - Editora Paralela



Leituras de Flavinha nº 398

Eva Tramell tem 24 anos e acaba de conseguir um emprego em uma das maiores agências de publicidade dos Estados Unidos. Tudo parece correr de acordo com o plano, até que ela conhece o jovem bilionário Gideon Cross, o homem mais sexy que ela e provavelmente qualquer outra pessoa já viu. 

Gideon imediatamente se interessa por Eva, que faz tudo o que pode para resistir à tentação. Mas ele é lindo, forte, rico, bem-sucedido, poderoso e sempre consegue o que quer,e é claro que Eva acaba se entregando. 

Uma relação intensa começa. O sexo é incrível. Capaz de levar os dois a extremos a que jamais tinham chegado. E, então, eles se apaixonam, o que pode ser tanto a chave para um futuro feliz quanto a faísca que trará de volta os traumas do passado.

Achei Toda Sua tão romance de banca quanto 50 tons. O enredo é o mesmo, Gideon é bilionário e cheio de traumas, uma garota nova em sua vida que o faz mudar, cenas de sexo e palavrões. Um homem  que tem mais dinheiro do que amor em sua vida... (que dó, que dó, que dó). Em alguns momentos parece até que você está lendo a mesma história... só parece.

A diferença entre os livros foca em dois pontos Primeiro: a mocinha não é uma tapada. Eva é uma mulher cheia de traumas (também), que fez terapia e acredita ser bem resolvida. Gosta de sexo e não tem pudores o que faz mais verossímil o fato de ela se jogar na cama de um dominador. 

O segundo e mais importante: a Sylvia Day sabe escrever. Talvez por ser uma escritora há mais tempo e ter romances nesse estilo (bem talvez com menos sexo) publicados a diferença no texto seja tão grande. Sim, o romance também é em primeira pessoa (que eu detesto), mas você percebe que ela trabalha melhor os personagens - tantos os principais como os coadjuvantes). Minha impressão é que ela leu 50 tons e ficou com a mesma impressão que eu "Puxa, um enredo tão bom podia ser melhor escrito" e foi lá e escreveu. kkkkk Claro, que não posso afirmar isso! mas quem leu os dois sabe do que eu estou falando! 

O livro traz bastante cenas de sexo, achei essas melhores escritas, apesar de a fala dos personagens fazer a gente rir (de tão absurdamente ridículas  na hora do rala e rola. O trauma da Eva a gente descobre nesse livro, o do Gideon ainda não. Apesar de ser um dominante, não temos muito de BDSM (é um acrônimo para a expressão "Bondage, Disciplina, Dominação, Submissão, Sadismo e Masoquismo). Talvez apareçam no próximo livro? Sim, Toda Sua é parte de uma trilogia também. Parece que o segundo livro sai em dezembro... Preparem os bolsos! kkkkk 

Leitura recomendadíssima!

Série Crossfire
1. Bared to You - Toda Sua. 
2. Reflected in You - Profundamente Sua
3. Entwined With You - Pra Sempre Sua
4. Captivated by You - Somente Sua
5. One With You - Todo Seu

Recomendo a leitura. Pra quem lê romance de banca é uma leitura rápida e fluida. 


Pra quem não conhece a Sylvia Day, Já resenhamos alguns livros dela, espia AQUI



2 comentários:

  1. Já li algumas resenhas positivas sobre o livro, de qualquer forma esta na lista de desejados.

    Beijos
    Lu - http://www.apaixonadaporromances.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Eu cinsidero este negócio de BDSM ridículo, absurdo. Não consegui ler 50 Tons de Cinza. Fiquei com nojo dos protagonistas. Brinquedos sexuais, vendas, ok? Mas espancamentos? fala sério. Se Toda Sua vai na mesma linha não quer ler.

    ResponderExcluir