30/01/2013

# André Vianco # Leituras de Rebecca

André Vianco - O Senhor da Chuva - Novo Século


Leituras de Rebecca n° 36

Um anjo perseguido, para não ser destruído, possui o corpo de um ser humano igualmente agonizante. Assim, o anjo quebra uma regra sagrada que dá direito aos demônios de evocarem uma guerra desigual que poderá desencadear a destruição de todos os anjos de luz da terra.
Agora, os dois exércitos estão furiosos, transformando as tranqüilas pastagens de Belo Verde num funesto campo de batalhas onde espadas que parecem chamas, e olhos que parecem brasas, darão o tom nesta misteriosa aventura sobrenatural, repleta de batalhas mergulhadas no mundo dos anjos, dos vampiros... e dos demônios.
Anjos enfrentam as criaturas do mal em combates corpo a corpo, empurrando espadas e evitando dentadas a todo custo. Os anjos estão em menor número, mas têm esperança... A Chuva.


Este livro foi o meu primeiro contato com uma obra de André Vianco. O que mais me chamou a atenção foi perceber que o autor é brasileiro e essa onda de autores nacionais ainda não estava tão forte.
Fiquei encantada com a capa, é bem dramática e promete uma história forte e dark, me lembrou imediatamente o filme Anjos Rebeldes e isso me animou ainda mais a ler.

Tudo começa com um ser humano complicado, um anjo e uma armadilha. Explico, anjos e demônios fizeram um pacto proibindo qualquer interferência no mundo humano, afinal de contas, nossa vantagem é o livre arbítrio. O problema é que Thal, um anjo, cai na armadilha dos demônios e quebra esse pacto quando possui Gregório à beira da morte. Após o acontecido ele larga a vida de traficante e vai pra uma cidade do interior onde seu irmão gêmeo mora. Só que Gregório abriga o anjo dentro de si e quando chega na cidade o pior acontece e a guerra explode. Não posso falar mais pra não estragar a trama, mas aviso que é aventura e emoção o tempo inteiro e tem cenas pesadas de violência.

O livro começou bem, ficou bastante interessante, pega emprestado alguns clichês e dá uma escorregada no final. Mas não é algo que estraga o conjunto da obra. O Senhor da Chuva é um livro que considero "Pipocão", aquele tipo que leio por pura diversão porque não consegui levar a sério do meio pro final. Ainda assim valeu a pena e recomendo. Bom saber que cada vez mais autores brasileiros estão escrevendo livros de fantasia, espero brevemente poder ler mais obras dele. 

Um comentário:

  1. Gosto muito de André Vianco, mas ainda não li esse livro, adorei a resenha, provavelmente o lerei em breve ^^

    Beijooos

    http://kastmaker.blogspot.com/

    ResponderExcluir

POR ONDE AS ROMÂNTICAS PASSARAM