06/02/2013

# Chris Wooding # Geração Jovem

Malícia - Chris Wooding - Geração Jovem


Leituras de Rebecca n° 37

Segundo uma lenda urbana, existe uma revista secreta, Malícia, sobre um mundo macabro repleto de armadilhas e horrores, supervisionado por Jake Gigante, um sinistro mestre-de-cerimônias. Dizem ainda os boatos, que os adolescentes que aparecem na revista são pessoas reais, desaparecidas do nosso mundo e aprisionadas nos quadrinhos, vítimas das provações mortais de Jake Gigante. O livro intercala texto e quadrinhos.

Eu admito que comecei o livro com um certo preconceito, pensei que seria bobinho e me surpreendeu. Pra começar ele tem uma "pegada" anos 80, me lembrou muito de Goonies, foi fascinante como o Labirinto e é sombrio como O mundo fantástico de Oz. 

Mistura lendas urbanas que assombraram a infância de muita gente. Quem nunca ficou com medo de chamar a Loira do banheiro? Hahaha! Percebi que na Inglaterra, Jake Gigante dever ser uma entidade tipo Bicho Papão, quase um Slender man, alto, magro e aterrorizante. 

As cenas em HQ dão muito mais imersão, me senti lendo a própria "Malícia" no meio do livro, as cenas de ação ficaram mais dinâmicas. Apesar de eu não ter curtido o traço do ilustrador, lembrei que quem desenhava na história era um ser maléfico então isso justificou bem. 

Não está nem perto de ser um livro bobo, é cheio de reviravoltas, várias partes me pegaram de surpresa. O que me incomodou bastante foram os vários erros de tradução, encontrei várias frases com a concordância errada. Mais cuidado hein editora! 
Malícia é uma série para quem quer novidade e está cansado de bruxos, vampiros e zumbis. 

Mas lembre-se, não chame Jake Gigante, ele pode te levar....


Nenhum comentário:

Postar um comentário

POR ONDE AS ROMÂNTICAS PASSARAM