[FECHAR]

01/05/2013

# Alister McGrath # As Crônicas de Aedyn

Alister McGrath - As Crônicas de Aedyn: Os Escolhidos - volume 1 - United Press


Leituras de Rebecca nº 47 

A terra de Aedyn é um paraíso que está além de toda a imaginação. No entanto, quando tudo desaba, estranhos de outro mundo são chamados para lutar pela verdade. Pedro e Julia nunca suspeitaram que a viagem para a casa de seus avós teria algo fora do comum... Isso, porém, foi antes de Julia tropeçar em um jardim misterioso que brilhava em noites sem lua. Não foi, também, por acidente que ela caiu no lago e puxou seu irmão consigo. No entanto, eles agora estavam perdidos em outra dimensão, em um mundo estranho e sem saber em quem confiar. Será que poderiam acreditar nos lordes encapuzados? No monge idoso que só aparecia quando não era esperado? Ou nos escravos silenciosos com seus tenebrosos segredos? Em um mundo habitado por animais diferentes, com ruídos e barulhos esquisitos, duas crianças chamadas de um mundo paralelo terão de descobrir quem realmente são, travar uma intensa luta interior e, depois, liderar uma grande revolta.

Comprei esse livro no supermercado pois achei a temática interessante e o livro é fininho, menos de duzentas páginas, eu adoro livros de fantasia, levei pra ver qual é.

A história é realmente interessante e com uma temática que me surpreendeu, o autor se inspirou numa temática cristã, isso eu realmente não esperava num livro de fantasia. Deu um medo de ser um daqueles livros de doutrinação e talz, mas eu já estava com ele resolvi dar uma chance.

O enredo é bastante simples e tem todos os ingredientes de livros de fantasia que eu já li antes. A aventura é meio carente de adrenalina mas é divertida e cheia de lições. Bem legal para crianças e as ilustrações são lindas, o autor não se aprofunda muito nas descrições e em muitos momentos eu usei a imaginação para entender algumas coisas.

Só percebi alguns problemas que me chamaram a atenção, como tudo que Pedro e Julia fizeram para não serem obrigados a usar magia, como assim? Eles passaram por um jardim encantado pra chegar lá! Isso não é magia? Peter me irritava com tanta bobagem que ele fez, tudo tão óbvio! A batalha final é bem sem graça, isso sem dizer que a origem de toda a confusão não foi bem amarrada, espero que isso seja explicado no próximo livro.

Ps. Narnia feelings...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

POR ONDE AS ROMÂNTICAS PASSARAM