[FECHAR]

08/05/2013

# Bertrand Brasil # Lançamentos

Lançamentos Bertrand Brasil - Maio 2013

E a Bertrand Brasil chega com sua seleção de lançamentos.
Quero todos!
Haja bolso! Preciso ganhar na MegaSena



Isabell Allende - Amor
O novo livro de Isabel Allende, Amor, é uma antologia que reúne as melhores cenas de amor dos seus romances e contos, selecionadas pela própria autora. A ideia inicial partiu de seu editor e Allende logo ficou entusiasmada com o projeto. Para alguns trechos, inspirou-se nas próprias experiências amorosas ou nas de conhecidos.

Se existe alguém capaz de descrever com maestria, humor e personalidade a natureza caprichosa do amor, esse alguém é Isabel Allende.










Henri Charrière - Papillon

Publicado originalmente em 1969, e no Brasil em 1975, pela Editora Difel, o polêmico Papillon, a história do homem que fugiu do inferno, de Henri Charrière, chega às livrarias pela Bertrand Brasil em edição revisada e atualizada. 

Charrière, condenado à prisão perpétua por um assassinato que não cometeu, foi um dos poucos que conseguiram fugir da Ilha do Diabo, presídio localizado na floresta impenetrável da Guiana Francesa, onde os presos pagavam por seus crimes sofrendo degradações e brutalidades. No livro, ele relata como foi acusado, fala de seu martírio ao longo dos anos de confinamento, além da corrupção entre os guardas e como planejou sua fuga cinematográfica.

Achei essa capa fantástica!

Nora Roberts - Lírio Vermelho

Lírio vermelho conclui a Trilogia das Flores, com Hayley Phillips e sua filha, Lily. Quando Hayley viaja para Memphis para trabalhar com sua prima, Roz, ela não tem intenção alguma de se apaixonar. Mas logo se vê perplexa, ao notar que sente uma forte atração pelo filho de Roz. Roz descobre que Amélia, o fantasma da Noiva Harper, se apossou de Hayley. Agora, precisa dar um ponto final a isso.

Aqui não é comercial da Caixa mas... GENTE! A Carol tá lendo! (risos)







Markus Zusak - Bom de Briga

Cameron e Ruben Wolfe são sobreviventes. Vivendo um dia de cada vez com sua família que passa por dificuldades, os dois procuram um propósito para a vida. Após terem uma série de ideias estúpidas, muitas delas inspiradas por horas e mais horas assistindo a péssimos programas de televisão (por exemplo, vender um secador de cabelos quebrado e torrar a grana em corrida de cães), os garotos recebem uma oferta tentadora. Um promotor de lutas clandestinas de boxe vê potencial nos dois, mesmo que a experiência deles se resuma a uma brincadeira de quintal. Isso não importa para Perry Cole – ele quer carne nova no ringue.

É a partir daí que Ruben e Cameron verão suas vidas e a de sua família se transformarem. E, mesmo sabendo que Ruben é o mais talentoso dos dois, Cameron luta com alma. Mesmo perdendo no ringue, é um vencedor na vida. Nem sempre quem ganha é o vencedor.



Andrew Miller - Puro

Fruto de intensa pesquisa histórica e vencedor do Costa Book Prize, Puro retrata a remoção de um cemitério e sua igreja, em Paris. Ele vem recebendo corpos há séculos e já beira o insuportável simplesmente transitar perto daquele que é considerado o elefante branco dos cemitérios. Jean-Baptiste Baratte é contratado por um ministro do rei para fazer a limpeza. Em pleno ano de 1785, começa a ganhar corpo um pedido de mudança, que só se desdobrará em 1789. É nesse ambiente de degradação tanto moral quanto física que o engenheiro, vindo do interior, terá de executar o trabalho. 

Em 2012, Puro foi eleito pelo The Guardian um dos DEZ MELHORES ROMANCES HISTÓRICOS de todos os tempos, ao lado de nomes como Leon Tolstoi e Lampedusa.



Outra capa que achei fantástica!
Urariano Mota - O Filho Renegado de Deus

O filho renegado de Deus, novo romance de Urariano Mota, faz uma denúncia e uma longa oração de amor para as mulheres vítimas da opressão cultural e de classes no Brasil. Para isso, tece histórias e personagens que trafegam por realidades sociais e políticas diferentes entre si, aprofundando o efeito devastador das injustiças e dos preconceitos sobre a humanidade.

O romance traz as lembranças de Jimeralto sobre a falecida mãe, após um encontro que o faz reviver o trauma pela perda. As memórias do protagonista passeiam, de modo refinado, pelos personagens da vila miserável onde ele vivia quando jovem, quase um cortiço, com descrições de episódios e de personagens que não temem momentos de adversidade.
Leia um trecho http://bit.ly/10j9wPb




Catherine Cooper - A Montanha Prateada

Após A Noz de Ouro e O Portal de Glasruhen, Catherine Cooper, autora vencedora do Brit Writers Awards, apresenta o volume mais esperado da série As Aventuras de Jack Brenin: A montanha prateada. Presente nas principais listas de mais vendidos da Inglaterra, a série já vendeu mais de 500 mil exemplares no Reino Unido.

Tentando equilibrar as exigências da sua vida “real” e as necessidades e obrigações que tem como O Eleito de um universo mágico, Jack Brenin precisará evitar sozinho que os últimos dragonetes restantes na Terra sejam assados em um banquete dos Spriggans. Usando seu Livro das Sombras como guia e com seus amigos Camelin, o corvo, e Timmery, o morcego, Jack parte para o ataque na montanha prateada.

Neste terceiro volume, Jack terá que explorar o seu potencial ao máximo, tomar atitudes maduras e decisões importantes, além de enfrentar enormes desafios para ajudar seus amigos e, por fim, resolver os problemas em Annwn.

Confira o site: www.asaventurasdejackbrenin.com.br

Leia o prólogo: http://bit.ly/Z29DwR


Roger Osborne - Do Povo para o Povo

A democracia é o motor da prosperidade ou um luxo que só os
prósperos podem ter?

Do povo para o povo, de Roger Osborne, apresenta sob um novo olhar a história da democracia. Para isso, prova que os sistemas são sempre um reflexo da cultura e da história locais em que nascem e surgem por meio de oportunidades passageiras. Explica como o passado e as diferentes democracias se combinam para formar o presente. A narrativa começa na Grécia Antiga e estende-se até a Primavera Árabe.

A maioria dos livros sobre o assunto se concentra na teoria e na análise
políticas, numa vã tentativa de definir esse tipo de governo. Do povo para o povo usa uma abordagem diversa, levando em conta as histórias das diferentes democracias dos últimos dois mil e quinhentos anos. De Atenas à Grécia, de Jamestown a Nova Délhi, de Putney a Pretória.

Um dos grandes êxitos do autor foi escolher apenas estudar e narrar a ascensão e a queda da democracia ao longo dos tempos, em vez de se aprofundar sobre alguma teoria particular acerca do surgimento de tal
sistema político. Osborne fornece um contexto social, cultural e histórico que ilustra a consolidação da democracia ao longo dos séculos.

Do povo para o povo é um estudo amplo e preciso do tema, abordando épocas e episódios muito avaliados pela maioria das pessoas, como a Revolução Francesa e a democratização da Índia, além de outros menos
conhecidos, como a criação das Três Ligas, na Suíça.


Jan Guillou - Terror

Jan Guillou é indiscutivelmente o autor sueco que mais livros vendeu no mundo. Só em seu país são mais de 15 milhões de exemplares, sendo traduzido para mais de vinte idiomas. Ele é também o jornalista investigativo mais respeitado da Suécia, fato que auxiliou na criação da série de sucesso Os Desafios de Hamilton. Terror é seu segundo livro de suspense da série publicado pela Bertrand Brasil.

Após 13 anos de exílio na Rússia, o vice-almirante Carl Hamilton está de volta à Suécia para o julgamento em que é acusado de assassinato. Ao ser inocentado, acontece, porém, uma tragédia: a filha de seus amigos Pierre e Eva Tanguy, a pequena Nathalie, de 5 anos, é raptada. A partir daí, tem início uma caçada impiedosa à identidade do sequestrador. Quando fica claro quem cometeu o crime, Hamilton, Pierre e um grupo de legionários tentarão fazer um resgate heroico.

Além da famosa série As Cruzadas, publicamos, da mesma série de Terror, o thriller Madame Terror.

Prólogo: http://bit.ly/YuBsLg







Nenhum comentário:

Postar um comentário

POR ONDE AS ROMÂNTICAS PASSARAM