14/08/2013

0

Jan Guillou - Terror - Os Desafios de Hamilton - Bertrand Brasil


Leituras de Rebecca nº 58

O autor perfeito para os fãs de John Le Carré e Len Deighton. Jan Guillou é indiscutivelmente o autor sueco que mais livros vendeu no mundo. Só em seu país são mais de 15 milhões de exemplares, sendo traduzido para mais de vinte idiomas. Ele é também o jornalista investigativo mais respeitado da Suécia, fato que auxiliou na criação da série de sucesso Os Desafios de Hamilton. Terror é seu segundo livro de suspense da série publicado pela Bertrand Brasil. E o décimo segundo volume no total. 

Após 13 anos de exílio na Rússia, o vice-almirante Carl Hamilton está de volta à Suécia para o julgamento em que é acusado de assassinato. Ao ser inocentado, acontece, porém, uma tragédia: a filha de seus amigos Pierre e Eva Tanguy, a pequena Nathalie, de 5 anos, é raptada. A partir daí, tem início uma caçada impiedosa à identidade do sequestrador. Quando fica claro quem cometeu o crime, Hamilton, Pierre e um grupo de legionários tentarão fazer um resgate heroico. Assim como a maioria dos thrillers de Jan Guillou, Terror destacase por uma temática política, em que o realismo da trama deve-se, principalmente, aos anos em que o autor trabalhou como repórter.

A série, hoje com vinte títulos, possui sempre histórias repletas de mistério e ação, mas, principalmente, intrigas internacionais e espionagem, sempre com grande destaque ao lado emocional dos personagens.
No livro anterior, Madame Terror, o autor, diferentemente do que ocorre em romances com temática parecida, aborda a questão dos EUA versus mundo árabe pelo ponto de vista do segundo, mais especificamente dos palestinos. Já em Terror, Jan Guillou focou em como as grandes intrigas políticas mundiais afetam, em última instância, as relações particulares de todos, tecendo um suspense de tirar o fôlego.

Confesso que não conhecia o trabalho de Jan Guillou e como boa moça ansiosa que sou comecei pelo primeiro que chegou nas minhas mãos, o livro número 12 da série Desafios de Hamilton.

O título me impressionou, Terror, o que eu deveria esperar? Algo sobrenatural? Uma catástrofe? A capa toda desgastada e vermelha, cheia de arabescos impressiona. Vixe! Adorei! Parabéns ao Marcelo Martinez que fez esse trabalho, o livro começou me ganhando daí.

Por saber que o autor é jornalista eu já esperava tudo muito bem descrito e isso pode ser um pouco cansativo para algumas pessoas. Eu, como gosto de saber cada mínimo detalhe, gostei muito. Isso me situou na trama, no tempo e no lugar. Como não sou consumidora ávida de jornais e revistas de política, ter essas explicações enriqueceu muito a leitura. O segredo do realismo da história está nos anos em que o autor trabalhou como repórter. Mas não espere ação desmedida, o jogo é muito mais estratégico e a emoção acontece como numa partida de xadrez. A coisa começa mesmo a deslanchar perto do final, quando muitas peças começam a se encaixar e aí o bicho pega! Terror tem uma temática política e mostra que o sequestro da menina é apenas a ponta do iceberg. 

Até que ponto os acontecimentos entre EUA e muçulmanos vão afetar nossas vidas? Nossa família? Nossos amigos? Se você gosta de histórias repletas de mistério e principalmente intrigas internacionais e espionagem, eu recomendo muito!



0 comentários:

Postar um comentário