01/08/2013

# Editora Arqueiro # Históricos e/ou de Época

Julia Quinn - O Duque e Eu - Editora Arqueiro


Leituras de Flavinha nº 481
Título original: The Duke and I

Simon Basset, o irresistível duque de Hastings, acaba de retornar a Londres depois de seis anos viajando pelo mundo. Rico, bonito e solteiro, ele é um prato cheio para as mães da alta sociedade, que só pensam em arrumar um bom partido para suas filhas. Simon, porém, tem o firme propósito de nunca se casar. 

Assim, para se livrar das garras dessas mulheres, precisa de um plano infalível. É quando entra em cena Daphne Bridgerton, a irmã mais nova de seu melhor amigo. Apesar de espirituosa e dona de uma personalidade marcante, todos os homens que se interessam por ela são velhos demais, pouco inteligentes ou destituídos de qualquer tipo de charme. E os que têm potencial para ser bons maridos só a veem como uma boa amiga. A ideia de Simon é fingir que a corteja. Dessa forma, de uma tacada só, ele conseguirá afastar as jovens obcecadas por um marido e atrairá vários pretendentes para Daphne.

Afinal, se um duque está interessado nela, a jovem deve ter mais atrativos do que aparenta. Mas, à medida que a farsa dos dois se desenrola, o sorriso malicioso e os olhos cheios de desejo de Simon tornam cada vez mais difícil para Daphne lembrar que tudo não passa de fingimento. Agora ela precisa fazer o impossível para não se apaixonar por esse conquistador inveterado que tem aversão a tudo o que ela mais quer na vida.

Mais uma deliciosa série pra encantar o leitor. Gente, preciso dizer que a Arqueiro acertou ao começar a publicar Romances de Época. Principalmente porque um dos primeiros foi esse, sonho de consumo das românticas...O Duque e Eu.

Vai ser impossível você não se apaixonar pelo Simon, querer pegar ele no colo, levar pra casa... Simon Basset é um tudodebomgostosoeveryhot que teve uma vida difícil. rejeitado pelo pai por ser gago, ele teve que buscar forças onde não tinha para conseguir superar a gagueira. Ele descobriu que as emoções fora do controle  ativavam seu problema de fala então, aprendeu a contê-los. Ele se torna um homem admirável e  com a morte do pai, torna-se também um bom partido!

Simon é amigo de Anthony Bridgerton, que é irmão de Daphne. Os Bridgerton são uma família numerosa, Lady Victória teve OITO filhos. Entre as meninas, Daphne é aquela em idade de casar e sua mãe faz questão de apresentá-la a todos os jovens disponíveis. Não que ela poupe os rapazes... Eles também sofrem com a mãe casamenteira! Já Simon não quer casar. NUNCA. E não gosta da sensação de ser caçado pelas casamenteiras e propõe a Daphne que finjam um relacionamento. O problema é que a coisa evolui e foge ao controle.

A leitura é rápida (demais até, não queria que o livro acabasse!) e a autora sabe dosar cenas engraçadas, apaixonadas, tensa e tristes como ninguém. Adorei os diálogos, Simon e Daphne conversando são um show a parte! E claro, existe lady Whistledown a colunista do jornal de fofocas mais famoso de Londres! Ela sabe de coisas que aparentemente não deveria saber...o que me deixou com a pulga atrás da orelha... será alguém da família? Bem, provavelmente saberemos em algum dos livros da série! Já estou ansiosa para lê-los! Recomendo!

Série Bridgerton:
1. O Duque e Eu
2. O Visconde que me Amava
3. Um Perfeito Cavalheiro
4. Os Segredos de Mr. Bridgerton
5. Para Sir Philip, com amor
6. O Conde Enfeitiçado
7. Um Beijo Inesquecível
8. A Caminho do Altar

Nenhum comentário:

Postar um comentário

POR ONDE AS ROMÂNTICAS PASSARAM