14/10/2013

# Leituras de Carol # Novo Conceito

Sarra Manning - Os Adoráveis - Novo Conceito


Leituras de Carol nº 750
Título original: Adorkable

Jeane é blogueira. Seu blog, o Adorkable, é um blog de estilo de vida — na verdade, o estilo de vida dela — e já ganhou até prêmios na categoria “;Melhor Blog sobre Estilo de Vida”; pelo ¬ e Guardian e um Bloggie Award. Adora balas Haribo, moda (a que ela cria, comprando em brechós) e colorir (ou descolorir totalmente) os cabelos...

Cheia de personalidade e meio volúvel, ainda assim Jeane é bacana — mesmo nos momentos em que se transforma numa insuportável...

Mas, certamente, ela não olharia duas vezes para Michael. Porque Michael é o oposto de Jeane.
Ele é o tipo de cara que namoraria a garota mais bonita da escola. E compra suas roupas na Hollister, na Jack Wills e na Abercrombie. Além disso, diferente de Jeane, que é autossu¬ ciente, Michael é completamente dependente do pai, o Clínico Geral que condena açúcar, e ainda permite que sua mãe compre suas roupas! (Embora, para Jeane, o pior mesmo sobre Michael é que ele baixa música da internet e nunca paga por isso.) 

Jeane e Michael têm pouco em comum, além de algumas aulas e uma maçante dupla de “;ex”; — Scarlett e Barney. Mas, apesar disso, eles não conseguem se desgrudar desde que ¬ ficaram pela primeira vez.

Nasci antes da internet (afff tô velha? Who knows!?!) e creio que por isso acho a exposição de TODOS os fatos de sua vida nas redes sociais tremendamente absurdo (Jeane faz isso. E isso me irrita), mas de certa forma compreendo que em um mundo onde somos tão iguais, a única forma de pareceremos diferentes é nos mostrando como somos autênticos nas redes sociais.

Mas depois desse "momento filosófico" vamos a história. Jeane é blogueira, mas antes de tudo é uma dork e é uma defensora do modo dork de ser. A história já começa com um manifesto que me divertiu muito (a 9 é minha preferida!)

O Manifesto

1 - Não temos nada a declarar, a não ser sobre nossa dorkidade;
2 - Bazares de usados são nossos shoppings;
3 - É melhor trazer do que ficar na mesmice;
4 - Necessariamente, o sofrimento não melhora você como pessoa, mas lhe dá assunto para blogar;
5 - Experimente Photoshop, tintura de cabelo, diferentes esmaltes e sabores de cupcake, mas nunca experimente drogas;
6 - Não siga líderes, seja um;
7 - A necessidade é a mãe da customização;
8 - Filhotes tornam tudo melhor;
9 - Garotas quietinhas raramente fazem história;
10 - Nunca esconda sua esquisitice, mas use-a como um escudo.

Apesar de ser considerada a esquisita da escola, Jeane vive o sonho de qualquer adolescente. Ela mora sozinha (um acordo entre ela, a irmã e os pais separados) e através do que faz no blog tem uma certa "independência" financeira. Pessoalmente ela é atroz, sarcástica e quase sente prazer em "humilhar" os não-dorks, mas essa postura beligerante é um escudo para a solidão. 

E ninguém poderia imaginar que Michael Lee iria entrar de cabeça em sua vida. Michael é aquele tipo de cara que joga futebol (e como o livro se passa em Londres é o futebol jogado com os pés), inteligente e que se dá bem com TODA a escola. Ele não consegue entender porque Jeane é tão estranha. As circunstâncias fazem com que eles acabem namorando e é divertidíssima a interação entre eles (apesar de passarem o maior tempo discutindo). O figurino de Jeane merece atenção especial. É extravagante elevado a enésima potência e me fez lembrar as Harajuku Girls.

Inicialmente esperava uma história adolescente chatinha, mas a autora conseguiu prender minha atenção com os diálogos e as situações vividas por Jeane. Os personagens secundários são ótimos e trazem uma leveza a história que justifica completamento o título do livro em português.

Sarra Manning consegue nos trazer um panorama preciso dos adolescentes nessa época e que todos já nascem online e também não deixa de fazer sua crítica.

Leitura recomendada. 







Nenhum comentário:

Postar um comentário

POR ONDE AS ROMÂNTICAS PASSARAM