[FECHAR]

02/10/2013

# Edgar Allan Poe # Geração Editorial

Vou lhe mostrar o medo - Nikolaj Frobenius - Geração Editorial


Leituras de Rebecca nº65
 
Edgar Allan Poe (1809-1849), o célebre poeta e autor de histórias de terror, bem como criador do gênero policial na literatura, é o protagonista deste romance de suspense psicológico, que discute os limites da criação literária e a responsabilidade moral da arte. Nele vemos o jovem escritor norte-americano afligido pela pobreza, angustiado com a enfermidade da sua frágil esposa e assombrado por um maníaco que comete assassinatos inspirados nos seus escritos, além de sabotado em sua carreira pelo crítico literário Griswold, que lhe dedica um misto de admiração e ódio. Publicado em toda a Europa, traduzido em dez idiomas e plagiado por Hollywood, este romance premiado marca a estreia, no Brasil, de Nikolaj Frobenius, um dos grandes expoentes da moderna literatura norueguesa. 

Engraçado como é a expectativa, quando passei os olhos por esse livro, pensei que ia ler uma história frenética onde Poe ia correr contra o tempo, salvar a mocinha e desmascarar o medo pra todo mundo ver. Acho que o filme inspirado nessa obra podia ter sido muito melhor se tivesse respeitado o conceito criado pelo autor. 
Primeiro, claro que Edgar Allan Poe não corre freneticamente pra lugar nenhum, se ele fizesse isso naquela época era trancado num hospício rapidinho. Segundo que esse livro fala sobre o escritor Poe como pessoa e não como um personagem de aventura. Ele é retratado como o que realmente foi, um profissional da literatura que buscou o reconhecimento de sua obra e encontrou vários percalços pelo caminho. O dinheiro era curto, sua esposa estava doente e sua obra era frequentemente atacada pela crítica e como se isso não fosse suficiente havia um maluco reencenando seus contos na vida real. 
Nikolaj Frobenius podia ter escrito um daqueles livros que se lê rapidinho, mas gostei da opção dele de ter escolhido trazer mais detalhes da vida e da obra de Poe assim como manteve o ritmo um pouco mais leve.
Não quero entrar em muitos detalhes pra não estragar a trama, mas tem várias surpresas. Recomendo para quem curte obras sombrias que misturam fantasia e realidade. O que realmente aconteceu com Edgar Allan Poe naquele dia? Só lendo pra saber a teoria do Frobenius. Muito bom!
 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

POR ONDE AS ROMÂNTICAS PASSARAM