08/11/2013

# James Bowen # Leituras de Tânia

James Bowen - Um Gato de Rua Chamado Bob - Novo Conceito



Leituras de Tânia nº 03

Quando James Bowen encontrou um gato ferido, enrolado no corredor de seu alojamento, ele não tinha ideia do quanto sua vida estava prestes a mudar. Bowen vivia nas ruas de Londres, lutando contra a dependência química de heroína, e a última coisa de que ele precisava era de um animal de estimação. No entanto, ele ajudou aquele inteligente gato de rua, a quem batizou de Bob (porque tinha acabado de assistir a Twin Peaks).
Depois de cuidar do gatinho e trazer-lhe a saúde de volta, James Bowen mandou-o embora imaginando que nunca mais o veria. Mas Bob tinha outras ideias. Logo os dois tornaram-se inseparáveis, e suas aventuras divertidas — e, algumas vezes, perigosas — iriam transformar suas vidas e curar, lentamente, as cicatrizes que cada um dos dois trazia de seus passados conturbados.
Um Gato de Rua Chamado Bob é uma história comovente e edificante que toca o coração de quem a lê.

Uma história real, onde o autor narra sua trajetória de solidão e sofrimento, até encontrar o gato Bob na porta do seu prédio e se afeiçoar a ele. Acaba por "adotá-lo" como a um filho e o gatinho retribui com tanto carinho que ajuda o autor a superar seu vício. Eles se tornam inseparáveis e o seu dono redescobre-se capaz de viver. 

Uma linda história de amizade, superação e amor por um bichinho de estimação.

Um comentário:

  1. Eu cheguei a vê algumas reportagens falando sobre essa história. Não sinto a necessidade de ler o livro embora eu ache que a gente tira uma grande lição da história.
    Beijos.

    ResponderExcluir

POR ONDE AS ROMÂNTICAS PASSARAM