02/01/2014

# Bruxos e Bruxas # Gabrielle Charbonet

James Patterson e Gabrielle Charbonet - Bruxos e Bruxas - Novo Conceito


Leituras de Carol nº 766
Título original: Witch & Wizard


No meio da noite, os irmãos Allgood, Whit e Wisty, foram arrancados de sua casa, acusados de bruxaria e jogados em uma prisão. Milhares de outros jovens como eles também foram sequestrados, acusados e presos. Outros tantos estão desaparecidos. O destino destes jovens é desconhecido, mas assim é o mundo sob o regime da Nova Ordem, um governo opressor que acredita que todos os menores de dezoito anos são naturalmente suspeitos de conspiração. E o pior ainda está por vir, porque O Único Que É O Único não poupará esforços para acabar com a vida e a liberdade, com os livros e a música, com a arte e a magia, nem para extirpar tudo que tenha a ver com a vida de um adolescente normal. Caberá aos irmãos, Whit e Wisty, lutar contra esta terrível realidade que não está nada longe de nós.

O que me atraiu nesse livro foi a coragem de James Patterson em se aventurar no mundo dos YA e da distopia. Já conhecia a escrita de Patterson e resolvi aceitar esse livro da parceira Novo Conceito.

Como em todo mundo distópico que se preze tudo é proibido: livros, revistas, músicas, filme. Quem dá as cartas é a Nova Ordem e eles não querem seres pensantes para questionar suas ações. Os "seres" mais perigosos e que devem ser mortos ou aprisionados estão os adolescentes, afinal são eles que estão em constante questionamento do mundo.

Mas os irmãos Allgood têm que se preocupar com outro fato além de serem adolescentes. Eles têm poderes (que a Nova Ordem sabe que eles têm), mas Wisty e Whit não sabem. Mas no decorrer do livro e ao conhecer mais jovens como eles, os irmãos vão descobrindo que têm um papel importantíssimo contra a Nova Ordem.

Como disse antes, já conhecia a escrita de Patterson e sei como ela é rápida e fluida, mas no caso desse livro eu a achei rápida demais, os capítulos curtos e cortados bruscamente me incomodaram. Outra coisa que me questionei muito foi o fato dos irmãos não terem a mínima ideia do que está ocorrendo. Pareceu algo Harry Potter bem no comecinho (em que ele não sabia que era um bruxo).

Outro fato que me incomodou, nossos protagonistas são dois irmãos que são tirados de casa no meio da noite sem saber o que está acontecendo. Sinceramente eu não entendi essa parte... eles não sabiam que um novo regime estava sendo instalado?!

Vamos ser se nos próximos livros (O Dom e O Fogo) as coisas terão uma explicação melhor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

POR ONDE AS ROMÂNTICAS PASSARAM