29/07/2014

# Editora Leya # Leituras de Carol

Samantha Young - Dublin Street - Leya


Leituras de Carol nº 808
Título original: On Dublin Street

Traumatizada pelo seu trágico passado, a americana Joss muda-se para a Escócia, na romântica Edimburgo, onde espera começar uma nova vida. Durante quatro anos tenta negar memórias dolorosas, refugiando-se na escrita, no sonho de um dia, finalmente, pôr os seus fantasmas no papel. Mas de repente tudo muda. 
Quando vai morar em um luxuoso apartamento na Dublin Street, conhece o desconcertante Branden, um carismático milionário que exerce sobre ela um irresistível fascínio. Joss se vê numa encruzilhada. Sabe que a atração entre ambos é imediata, avassaladora. Mas os demônios do seu passado a impedem de se entregar ao sensual escocês. É então que ele lhe propõe um estranho acordo, que lhes permitirá explorar a atração entre eles sem se envolverem emocionalmente. Joss aceita. E no início acredita, inocentemente, que o acordo vai dar certo. Mas Branden quer mais, muito mais, quer tudo. Quer desvendar todos os seus segredos – e está disposto a mudar o que for preciso para tê-la por inteiro. Mas será que ela está disposta a ir até o fim?


Joss é marcada por um tragédia... pois muito jovem perdeu os pais e a irmãzinha em um acidente de carro.
Ela vai levando a vida, tentando sublimar todo aquele sofrimento. Ela acha que consegue... terminou a faculdade e agora vai se dedicar a ser escritora. Ela também terá que fazer uma nova mudança, dessa vez de local de morada. Mas antes disso ela tem um episódio insólito em um táxi, com direito a um TDB com olhares quase lascivos.

Ela se encanta com o novo apartamento e também com sua colega de quarto. O que ela não esperava é que o meio-irmão de Ellie (a dona do apartamento) seja o mesmo TDB do táxi. A atração é mútua e imediata, os dois ficam rondando entre si, até que não conseguem resistir. Mas além das lembranças ruins de não ter família, Joss também carrega uma síndrome do pânico que tinha ficado dormente, mas com o fato de ter escolhido escrever a história de amor entre os pais, o envolvimento com Branden e com a amizade de Ellie e as crises têm se mostrado com uma frequência maior. 

Lembro da época em que saiu a notícia que esse livro chegaria ao Brasil e o burburinho que causou, mas eu não tinha muita expectativa (essa é quase minha reação padrão aos New Adult), mas esse me surpreendeu positivamente, a parte romântica (e hot) são boas e a forma da autora focar num tema que não vemos no "mundinho dos romances" me conquistou (apreciei muito as passagens da Joss com a terapeuta). A narrativa é bem construída (apesar de sentir falta de um pouco mais da perspectiva do Branden no livro). No site dedicado a série há alguns trechos com o ponto de vista dele (em inglês clicando AQUI). Bem que a Leya podia fazer um ebook com essas cenas traduzidas hein?! #ficaadica

A história é bem legal, recomendo a leitura. 

Esse é o primeiro de uma série e a Leya (segundo informaram) vai trazer todos os livros. 

On Dublin Street

1 - On Dublin Street - Joss e Branden 
1.1 - An On Dublin Street Christmas - história curta de Natal com Joss e Branden 
1.5 - Until Fountain Bridge - história curta com Ellie Carmichael (irmã de Branden) e Adam Sutherland (melhor amigo de Branden)
2 - Down London Road - Johanna Walker (colega de trabalho de Joss) e Cameron MacCabe
2.5 - Castle Hill - mais Joss e Branden
3 - Before Jamaica Lane - Olivia Holloway e Nate Sawyer
4 - Fall from India Place - Hannah Nichols e Marco D'Alessandro
5 - Echoes of Scotland Street - Shannon MacLeod e Cole Walker (irmão de Johanna)

Booktrailer (em inglês)


2 comentários:

  1. Olha, me lembro tb quando anunciaram esse livro e eu confesso que tive uma ideia totalmente errada sobre ele. Lendo sua resenha que percebi o tamanho do meu engano.... Até me interessei. E só de ser uma série em que cada livro é um casal diferente, já ganhou pontos comigo. Tô meio cansada de algumas séries grandes com os mesmos casais nela... rsrs...

    =)

    Suelen Mattos
    ______________
    ROMANTIC GIRL

    ResponderExcluir
  2. Eu também gostei desse aspecto Su, de termos casais diferentes nos livros "maiores".
    O casal principal ainda dá "o ar da graça" mas em histórias mais curtas dando uma ação contínua ao relacionamento e saindo do "felizes para sempre" e pronto.
    Ass.: Carol

    ResponderExcluir

POR ONDE AS ROMÂNTICAS PASSARAM