[FECHAR]

15/11/2014

# Bertrand Brasil # Juvenil

Ray Bradbury - A Árvore do Halloween - Bertrand Brasil


Leituras de Carol nº 817
Título original: The Halloween Tree


Na noite do dia 31 de outubro, em uma pequena cidade dos Estados Unidos, oito garotos vestem suas fantasias e saem às ruas em busca de Gostosuras ou Travessuras. Ao perceberem o desaparecimento de um nono integrante, o grupo decide explorar a casa mal-assombrada do outro lado da imensa ravina. Nos fundos da propriedade, eles descobrem uma gigantesca e magnífica árvore, repleta de abóboras de diferentes tons, formas e tamanhos. Em cada uma delas, há um rosto talhado. Eles nem imaginam o que estão prestes a conhecer. A trama, por meio de metáforas e personagens históricos, dá uma aula a respeito desta data tão comemorada ao redor do planeta. Os jovens, na perseguição pelo amigo desaparecido, viajam pelo tempo, passando pelo Egito Antigo, pela Grécia dos filósofos, e pela Paris medieval, aprendendo as origens do Halloween, bem como o porquê do terror, das mortes e das assombrações associados a ele. 


Eu nasci no Halloween, mas como nasci no Brasil a data não tem tanto significado, as escolas de inglês ficam com a incumbência de lembrar seus alunos desta data. Afinal ela não faz parte da nossa cultura, mas em outros países (ressalta-se Estados Unidos e México) o Dia das Bruxas, Samhain ou qualquer que seja o seu nome mais conhecido é um evento altamente celebrado.

Então eis que a Bertrand lança em outubro este livro. Do autor conhecia de nome outras obras, também publicada pela Bertrand (Algo Sinistro vem por Aí e Licor de Dente de Leão), mas esse livro me chamava.

O livro é curto e a leitura flui rápida, mas isso não é demérito. Ray nos conta a história do Halloween (como ele foi comemorado através dos tempos) e seus significados através da "operação resgate" de oito amigos para salvar o Pipkin. Que na minha cabeça eu só lia Pumpkin - abóbora em inglês, (o clima halloween tomou conta de mim na leitura). 

As ilustrações de Joseph Mugnaini só me faziam querer que tudo se transformasse em um fantástico desenho animado ou um filme dirigido por Tim Burton (só ele conseguiria levar para as telas a beleza dessa história).

Independente dos personagens principais serem crianças, recomendo "A Árvore do Halloween" para TODAS as idades. 

E mesmo não tendo a intenção (afinal o mundo não gira ao meu redor), agradeço a Bertrand Brasil por este presente de aniversário. 


Obs.: E essa capa linda minha gente!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

POR ONDE AS ROMÂNTICAS PASSARAM