17/04/2015

# Autor (a) Nacional # Leituras de Flavinha

Lu piras - Um Herói para Ela - Novo Conceito


Leituras de Flavinha nº 573

Bianca sempre quis ser roteirista de cinema. Para realizar seu sonho, ela sai do Brasil para estudar na famosa New York Film Academy. Em meio às emoções da nova vida na Big Apple, um rapaz misterioso acaba salvando a vida de Bianca em duas situações diferentes. Tudo o que ela sabe é que o seu herói tem no braço uma misteriosa tatuagem. Sem pistas sobre o seu protetor, ela é convidada para um show da banda The Masquerades, cujos componentes escondem os rostos atrás de máscaras. Uma rosa branca cai sobre o seu colo, arremessada pelo vocalista. Decidida a desvendar a identidade do mascarado, Bianca invade o camarim da banda. A surpresa que a aguarda por trás daquela porta poderá mudar o seu destino. Uma história cheia de humor e romance, que fala da importância de acreditar nos nossos sonhos e de persegui-los.

Eu acho super legal quando vejo autoras brasileiras de romances sendo publicadas por grandes editoras. É uma ótima oportunidade e sei como é difícil emplacar no mundo literário brasileiro. Acho a Lu Piras uma fofa. A maneira como ela escreve é super coerente e tem uma riqueza de detalhes e bem legal. A diagramação é muito boa e a capa também me chamou atenção, porém, demorei a pegar o pra ler por que achei que não seria muito o meu estilo.

Sobre a protagonista Bianca, tem vinte e três anos, mas, suas atitudes me pareceram de uma garota de dezesseis. Tem o sonho de ser roteirista de cinema e com a ajuda dos pais, ganha uma bolsa para estudar na famosa New York Film Academy em Nova York. os pais dão essa força porque Bianca anda saindo com uns caras "errados", na busca por seu "príncipe encantado". Chegando a Nova York é como se ela estivesse no Brasil de tão adaptada! Fica afim (?) de dois caras errados Paul e Salvatore - repetindo o seu padrão - e até divide o quarto com uma garota brasileira. Paul que amava Bianca que amava Salvatore aconteceu tão rápido que voltei o livro pra ver se tinha pulado alguma parte do romance.


Salvatore é o "bad boy" que tem uma história sofrida e um segredo perigoso. Ele salva Bianca de situações difíceis e depois se apaixona, mas acha que não é bom o bastante para ela. Bianca vai mudar tudo ser a chave para mudar sua vida e tals... Confesso que eu esperava mais. Talvez por tantos comentários legais sobre a história, mas ela simplesmente não conseguiu me prender. Achei que os mistérios de Salvatore, os personagens secundários e até mesmo a Academia de roteiristas poderia ter sido mais explorado, sei lá, o livro tem mais de trezentas páginas e achei que ficou faltando algo. Enfim, tenho outras indicações de livros dessa autora que lerei. Esse livro não é um livro que tenha me marcado.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

POR ONDE AS ROMÂNTICAS PASSARAM