11/03/2016

0

Andersen Gabrych - A cidade da neblina - Vertigo Crime




Leituras de Rebecca n°117

Frank Gissel é um detetive particular da grande São Francisco. Frank já viu de tudo e fez de tudo, é um homem durão, boca suja, beberrão e mulherengo. Mas, após um caso de desaparecimento, Frank acaba se envolvendo em uma grande e tortuosa rede de sexo, dinheiro, drogas e assassinatos. Para solucionar este caso Frank vai precisar questionar e encarar a si mesmo.


Achei essa história por acaso, largada numa prateleira da pilha de "Vou ler" e como gosto muito de histórias de investigação, resolvi dar uma chance.

Fui uma boa surpresa! Claro que tinha que ter todos aqueles clichês, como o detetive beberrão, crimes misteriosos e mulheres lindas. Mas teve muito mais! A história se aprofunda e, diferente do que já vi, ela se foca muito também no detetive. A personalidade de Frank não fica só na ressaca e nos palavrões. Ele tem uma série de conflitos que são solucionados junto com o mistério. O mais legal foi ver que o autor fez um paralelo entre resolver o caso e achar uma solução para a vida dele. 

Tudo haver com o título da história, a neblina vai dissipando e mostrando a realidade que ninguém, nem mesmo Frank, queria ver. Adorei ter visto personagens num ângulo tão humano. Mas, ainda assim, com todo o charme de uma história cheia de mistério noir.

Minha única ressalva é o traço que poderia ter sido mais glamouroso, ele não tinha a elegância que a obra pedia. Mas nada que estrague a experiência. Pra mim valeu muito ter enfrentado a neblina de São Francisco ao lado de Frank Grissel.

Recomendo para quem gosta de histórias de detetive.




0 comentários:

Postar um comentário