20/03/2017

0

Leslye Walton - As Estranhas e Belas Mágoas de Ava Lavender - Novo Conceito


Leituras de Tânia nº 55


Gerações da família Roux aprenderam essa lição da maneira mais difícil. Os amores tolos parecem, de fato, ser transmitidos por herança aos membros da família, o que determina um destino ameaçador para os descendentes mais jovens: os gêmeos Ava e Henry Lavender. Henry passou boa parte de sua mocidade sem falar, enquanto Ava que em todos os outros aspectos parece ser uma jovem normal nasceu com asas de pássaro.
Tentando compreender sua constituição tão peculiar e, ao mesmo tempo, desejando ardentemente se adaptar aos seus pares, a jovem Ava, aos 16 anos, decide revolver o passado de sua família e se aventura em um mundo muito maior, despreparada para o que ela iria descobrir e ingênua diante dos motivos distorcidos das demais pessoas. Pessoas como Nathaniel Sorrows, que confunde Ava com um anjo e cuja obsessão por ela cresce mais e mais até a noite da celebração do solstício de verão. Nessa noite, os céus se abrem, a chuva e as penas enchem o ar, enquanto a jornada de Ava e a saga de sua família caminham para um desenlace sombrio e emocionante.

Ava Lavender é uma criatura no mínimo "estranha" aos olhos da comunidade onde vive. Suas "asas" que misteriosamente já cresceram ainda bebê, a faz ser indesejada aos olhos dos outros adolescentes. Sua mãe e sua avó tentam escondê-la do mundo, para evitar que ela sofra, como elas também sofreram. 

Sua avó Emilienne perdeu o marido muito cedo e sobrou apenas Viviene para que ela cuidasse. Perdeu seus irmãos com requintes de sofrimento.Casou-se e mudou-se para uma cidade pequena onde todos a consideravam uma bruxa. Viviene cresceu com este estigma, por ser sua filha, e ao decepcionar-se com o amor, concentrou em Ava toda a sua vida, junto com Henry,seu irmão gêmeo que também vive em um mundo particular...

Tudo o que sua mãe e sua avó queriam era evitar o sofrimento desnecessário do amor mas Ava também era uma menina e queria ser "normal" como as outras. Mas a realidade a afasta das alegrias comuns e ao conviver com esse mundo desconhecido, ela descobre o amor e o medo, a amizade e o desrespeito. Mais uma vez, o sentimento tido como adoração traz a morte e o medo para a vida dos Lavender.

0 comentários:

Postar um comentário