[FECHAR]

05/04/2017

# Anne Rice # Editora Rocco

Anne Rice - Entrevista com o Vampiro - A História de Cláudia - Rocco



Leituras de Rebecca n°140

Esta não é simplesmente uma adaptação para os quadrinhos de Entrevista com o Vampiro, best-seller de Anne Rice que virou filme em 1994. Meticulosamente ilustrado por Ashley Marie Witter, a versão em graphic novel do livro de estreia da rainha dos vampiros reconta a história sob um ponto de vista inédito: o da vampira criança Cláudia, a imortal de 6 anos de idade, órfã e assassina, vítima e monstro, representada por Kirsten Dunst na versão cinematográfica. As ilustrações em tons de sépia retratam fielmente os personagens andróginos de Rice e ainda reforçam o clima sensual e sombrio da obra original, renovando e enriquecendo a narrativa.


Entrevista com o Vampiro é um dos meus livros favoritos com temática vampiresca. Nesta HQ pude saber mais sobre a história de Cláudia no ponto de vista dela, uma criança que foi vítima de Louis e Lestat, transformada para ser a "filhinha" da dupla.
Um pecado mortal para qualquer vampiro é transformar uma criança, um ser que nunca irá crescer e pode ser instável, colocando toda a "comunidade vampírica" em perigo. Só que Lestat acha que o mundo gira em torno dele, ignora as regras e faz o que quer, criando uma família congelada no tempo só pra Louis ter com quem compartilhar amor... Ai gente... Tem ser mais egoísta que Lestat?
Então as décadas vão passando e, apesar do corpo infantil, Cláudia desenvolve uma personalidade forte e questionadora. Ela não chegou a ser adulta, não entende bem a natureza de sua forma vampírica e começa a fazer perguntas que seus pais não querem responder.
O problema é que Cláudia foi educada por Lestat e ela aprendeu muito bem como conseguir o que quer, mesmo que pra isso tenha que manipular Louis levando a uma guerra dentro do seu ninho.

A curiosidade pode levar a caminhos sem volta.
Devo dizer que a arte em sépia com tons de vermelho sangue é um deleite para os olhos, o traço de Ashley Marie Witter é simplesmente lindo!
A única ressalva que faço é sobre o trabalho de tipografia, não vi a obra original, mas não gostei muito do trabalho do texto, não acompanhou a beleza das ilustrações, faltou uma atenção maior nisso.
Anne Rice continua maravilhosa como sempre, amo esse universo sombrio que ela criou.
Recomendo para quem conhece as regras vampíricas.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

POR ONDE AS ROMÂNTICAS PASSARAM