09/05/2017

# Editora Arqueiro # Eloisa James

Eloisa James - Quando a Bela domou a Fera - Arqueiro


Leituras de Flavinha nº 644


Quando a Bela domou a Fera é uma deliciosa releitura de um dos contos de fadas mais adorados de todos os tempos. Piers Yelverton, o conde de Marchant, vive em um castelo no País de Gales, onde seu temperamento irascível acaba ferindo todos os que cruzam seu caminho. Além disso, segundo as más línguas, o defeito que ele tem na perna o deixou imune aos encantos de qualquer mulher.
Mas Linnet não é qualquer mulher. É uma das moças mais adoráveis que já circularam pelos salões de Londres. Seu charme e sua inteligência já fizeram com que até mesmo um príncipe caísse a seus pés. Após ver seu nome envolvido em um escândalo da realeza, ela definitivamente precisa de um marido e, ao conhecer Piers, prevê que ele se apaixonará perdidamente em apenas duas semanas.
No entanto, Linnet não faz ideia do perigo que seu coração corre. Afinal, o homem a quem ela o está entregando talvez nunca seja capaz de corresponder a seus sentimentos. Que preço ela estará disposta a pagar para domar o coração frio e selvagem do conde? E Piers, por sua vez, será capaz de abrir mão de suas convicções mais profundas pela mulher mais maravilhosa que já conheceu?

Quanto uma fofoca pode mudar a vida de uma pessoa, hein? Uma fofoca, um mal entendido faz Linnet cair em desgraça. Agora, a Bela jovem tem que aceitar a decisão do pai e da tia e mudar de país, para encontrar um possível noivo, Piers Yelverton, conde de Marchant, uma homem de temperamento difícil, conhecido como um monstro (ou uma Fera) por alguns.

Acho que termina aí as comparações com o clássico a Bela e a Fera da disney e acho uma judiaria a comparação. Esse livro é maravilhoso e não precisa estar atrelado a história pra vender (só acho).

Bem, o que acontece é que Linnet descobre que Piers não quer casar. E ao invés de se desesperar com isso, ela aceita. Linnet acha beijar nojento e não sabe porque sua mãe traia seu pai com outros homens, já que não vê nada de especial neles. 


Os lábios dele eram como conhaque, como um veneno que desceu por suas costas e roubou seu ar. E a língua dele...

Piers não enfi ou a língua onde não devia, como Augustus fazia. Em vez disso, contornou a junção dos lábios dela, um toque tão doce que ela abriu a boca, convidando-o a entrar. Ele não aceitou o convite. Sua língua vagava, deliciando-se com os lábios e provocando-os.

O coração dela batia cada vez mais rápido e ela queria... Ela queria...Sua língua encontrou a dele, brincou por um instante, saboreou a essência de Piers.

Então, em meio a provocações (de ambas as partes) e depois de um beijo de Piers, Linnet descobre que gosta sim de beijos (pelo menos dos dele) e quem sabe pode gostar de outras coisas. 


O beijo dele não era uma adoração gentil. Era uma carícia selvagem, um beijo louco e apaixonado, tumultuado, roubado. Instintivamente, os braços dela envolveram o pescoço dele. Piers tinha o gosto do chá que bebera no café da manhã e de uma substância mais selvagem: desejo.

O livro começa um pouquinho arrastado, mas a partir do momento que Linnet chega a propriedade de Piers entra em um ritmo maravilhoso. A história é narrada de forma maravilhosa, nos envolvendo no jogo de conquista entre os personagens principais e nos entretendo com os personagens secundários. O final é maravilhoso, e tenho certeza que muita gente se surpreendeu!

Recomendo muitíssimo esse livro!

P.s: Esse é o segundo livro de uma série da autora baseado em contos de fadas populares.

Fairy Tales Series

01 - A Kiss at Midnight (Cinderela)
02 - When Beauty Tamed the Beast (A Bela e a Fera)
03 - The Duke Is Mine (A Princesa e a Ervilha)
04 - The Ugly Duchess (O patinho feio)
05 - Once Upon a Tower (Rapunzel)

E descobri que existem pequenas histórias intercalando os livros!

1.5 - Storming the Castle
2.5 - Winning the Wallflower
4.5 - Seduced by a Pirate
4.75 - With this Kiss



Nenhum comentário:

Postar um comentário

POR ONDE AS ROMÂNTICAS PASSARAM