[FECHAR]

23/05/2017

# Editora Rocco # J. K. Rowling

J. K. Rowling, Jack Thorne e John Tiffany - Harry Potter e A Criança Amaldiçoada - Rocco


Leituras de Flavinha nº 645

Sempre foi difícil ser Harry Potter e não é mais fácil agora que ele é um sobrecarregado funcionário do Ministério da Magia, marido e pai de três crianças em idade escolar. Enquanto Harry lida com um passado que se recusa a ficar para trás, seu filho mais novo, Alvo, deve lutar com o peso de um legado de família que ele nunca quis. À medida que passado e presente se fundem de forma ameaçadora, ambos, pai e filho, aprendem uma incômoda verdade: às vezes as trevas vêm de lugares inesperados.

O livro é um roteiro para uma peça de teatro, baseada em um acontecimento no futuro dos nossos amados bruxos e teve a supervisão e aprovação da J.K. Rowling.

Eu preciso dizer que entendo porque tantas pessoas acharam a história meio decepcionante. Não pela maneira que é escrita (é um roteiro, então não é como os livros da série do Harry Potter) que não me incomodou em nada, pois já li outros roteiros antes. O problema é que pra quem é fã da série e leu todos os livros, há muitos furos no roteiro.  

Alvo (filho de Harry Potter) se sente sobrecarregado com as expectativas que todos depositam nele por ser, bem, filho do Harry Potter e não tem muitos amigos em Howgarts. Seu único amigo, Escórpio Malfoy também tem dificuldades de fazer amizades, porque, bem ele é filho do Draco Malfoy. os dois garotos são escolhidos para a Sonserina, o que estreita os laços de amizade entre eles.

A aventura dos garotos se dá com a ajuda de um vira tempo e cada vez que mexem no passado, algo muda no futuro (meio um efeito borboleta). É como uma fanfic sobre o que aconteceu depois que terminou o sétimo livro.

A motivação do Alvo é bem tosca (aliás, que garoto chato), a  Rosa (filha da Hermione) é uma nojentinha preconceituosa, e nossos amados bruxos (Harry, Ronny e Hermione estão com personalidades muito diferentes ). Uma surpresa inesperada é o Draco Malfoy e seu filho Escórpio, os melhores personagens do livro.

Dá pra ler rapidinho, como uma fanfic. Não é o oitavo livro da série e tem coisas simplesmente que não tem como ser ou não cabem no universo construído pela J.K (mesmo ela tendo aprovado o roteiro).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

POR ONDE AS ROMÂNTICAS PASSARAM