[FECHAR]

17/05/2017

# Editora Pedra Azul # Leituras de Rebecca

Matthew Gregory Lewis - O Monge - Pedrazul Editora








Leituras de Rebecca n°143



Admirado e respeitado em Madri, o monge Ambrósio é famoso por sua conduta exemplar e por sua virtude absoluta, mas conhece a tentação no rosto de Matilda, uma linda moça que aparece no mosteiro disfarçada de noviço. Depois de sucumbir aos seus encantos, os desejos de Ambrósio tornam-se insaciáveis e ele passa a viver em meio à depravação, rituais demoníacos e assassinatos. Sua luta contra o remorso constante é capaz de levá-lo à loucura.



Que livro… Uau!

Mais uma vez eu fui no instinto e escolhi um livro muito bom. Eu não curti muito o jeito como a história foi apresentada na sinopse, a trama vai muito, mas muito, além do que ela resume.

Pra começar o monge Ambrósio teve uma vida dedicada cem por cento para sua fé, ele foi criado dentro deste mundo e não conhecia, nem queria, outra coisa além disso. Era tão fervoroso que se recusava a sair do mosteiro para evitar a tentação. Aí é que a coisa aperta, pois eu acho que se essa fé era tão grande, ele não deveria se abalar com qualquer tentação. O fato é que se Ambrósio não vai até a tentação, a tentação vai até ele e daí em diante ele se descontrola totalmente e se entrega a todo tipo de perversão. Não se preocupe com spoilers, a questão não é saber se o monge vai ceder e sim como é a sua descida ao inferno.

Em paralelo a história de Ambrósio, temos a vida de Dom Ramón que está perdidamente apaixonado por Agnes, uma freira que foi obrigada pelos pais a ir para o mosteiro, cumprindo uma promessa que eles fizeram. No dos outros é refresco né? Aff!
A moça não só está apaixonada por Dom Ramón como está grávida dele e acaba cometendo o erro de deixar cair uma carta do amado durante a confissão e quem encontra a maldita carta? Nosso colega monge-santo-sem-pecado-martelo-da-tentação Ambrósio, que vai correndo entregar a carta para a Abadessa e lasca com a vida da moça. Ai que ódio!

Como não poderia faltar um drama, Agnes amaldiçoa o monge e o karma vem à jato. Não vou dizer qual foi o primeiro degrau pra baixo, mas posso dizer que achei bem feito hahahahhaahhahaha!

Ninguém nesse livro é santo, o autor caprichou na crítica a igreja e a hipocrisia de muitos fiéis. Isso não quer dizer que seja um livro chato, confesso que achei que ia demorar a ler essa obra pensando que ia ser uma enrolação sem fim, quando na verdade o autor cria várias situações que acabam atiçando a curiosidade e a vontade de seguir adiante.

Gostei muito do livro, uma verdadeira surpresa boa!

Recomendo para quem sabe a quais tentações ceder hahahahahahhaha!





Nenhum comentário:

Postar um comentário

POR ONDE AS ROMÂNTICAS PASSARAM