13/10/2017

# Históricos e/ou de Época # Leituras de Stella

Sarah MacLean - Amor para um escocês - Gutemberg



Leituras de Stella n° 19


Lillian Hargrove viveu sozinha por anos, reclusa, ansiando por amor e companhia. Desiludida de que todos os seus sonhos pudessem um dia se tornar realidade, a mais bela jovem da Inglaterra se envolve com um artista libertino e mentiroso, que promete amá-la para sempre e implora para que ela pose como sua musa para um escandaloso retrato.
Encantada pelo carinho e pela admiração que recebe dele, Lily aceita a proposta e se entrega de corpo e alma ao homem mais falso de Londres, mas fica exposta para toda a Sociedade, tornando-se motivo de piada e vergonha.
A jovem, entretanto, não esperava que um bruto escocês, recentemente intitulado Duque de Warnick e nomeado seu guardião, atravessasse a fronteira da Inglaterra para impedir que a ruína a alcançasse.
Warnick chega em Londres com um único objetivo: casar sua protegida – que é bonita demais –, transferindo o problema para outra pessoa, e, em seguida, voltar à sua vida tranquila na Escócia, longe daquele lugar odioso que é Londres.
O plano parece perfeito, até Lily declarar que só se casaria por amor, e o duque escocês perceber que, aparentemente, há algo naquele país que ele realmente gosta…

Livro muito interessante que fala sobre um escândalo sofrido por uma bela moça, órfã de pai e mãe, Srta. Lilian Hargrove , que vivia no limbo social, pertencia a um ducado mas não era Duquesa nem empregada! Era um ninguém! 

Arruinou sua reputação por confiar e posar nua para um artista plástico arrogante e sem escrúpulos que a transformou numa meretriz sendo intocada e Virgem! Quem poderia salvá-la desse inferno? Estava à beira do desespero quando a solução aparece em sua vida de forma tortuosa e com a forma de um homenzarrão corroído pelo passado humilhante que atendia pelo nome Duque de Warnick. 

Demais!!

Série Escândalos e Canalhas
1 - Cilada para um marquês
2 - Amor para um escocês
3 - (ainda não publicado)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

POR ONDE AS ROMÂNTICAS PASSARAM