08/03/2009

0

Donna Kauffman - Paixão incendiária – Super Sabrina 11




Leituras de Carol nº121
Esse livro me surpreendeu por uma coisa. O casal protagonista é tão franco um com o outro que nesse livro não há aquele conflito que faz o casal se separar e depois voltar as boas, mas nem por isso esse livro é ruim. Ele é ótimo!

Ted e os irmãos não tiveram um bom relacionamento com o pai, mas na morte dele todos voltaram a cidade natal, para ver o que se fazia da herança que o velho Morgan tinha deixado. Nisso ele acaba indo para Escócia (viu Ilma?! Escócia! Risos) e lá conhece Maura, a mulher que se correspondeu com os pais. Mas esse conhecer não foi de forma comum. Ah! Não vou contar mais senão estraga.

Obs.: Ted é antropólogo, passou bom tempo nas selvas da América do Sul, tem uma tatuagem tribal no bíceps e um colar de dente de crocodilo no pescoço (uau!).


Mesmo com a sinopse quilométrica na contra capa eu recomendo.


Resumo:
Uma viagem em busca do passado... e ao encontro do futuro! Ao descobrir que herdara do pai uma propriedade na Escócia, Ted Morgan decidi viajar para lá, vender tudo e retomar sua vida de pesquisador. Mas junto com a herança o pai lhe deixa uma caixa de madeira com um maço de cartas escritas por um certa Maura Sinclair, que demonstrava nela uma inteligência aguda e um charme envolvente.

Viajando sozinho pelas montanhas escocesas, num carro velho e com um mapa mais antigo ainda, Ted sente-se totalmente fora do seu ambiente. Vales e montanhas. Clima de gelar até os ossos. Carneiros assustados. É demais para ele assimilar.


E ao conhecer Maura Sinclair descobre que ela é ainda mais perturbadora do que imaginara: mulher com olhar incendiário e temperamento mais incendiário ainda... Mulher que luta para manter as terras onde vivem os colonos e que ateia uma paixão em Ted. Uma paixão que ele jamais sonhara ser capaz de sentir. Depois de experimentar o gosto desse sentimento, ele quer mais e mais. E para ter o que quer precisará aceitar o passado e não pensar no que o futuro lhe reserva!

0 comentários:

Postar um comentário