[FECHAR]

06/04/2016

# JBC # Leituras de Rebecca

Ichigo Takano - Orange #01 - A carta que um dia eu escrevi - JBC



Leituras de Rebecca n°121

Numa manhã que já começou diferente do normal, Naho Takamiya recebe uma carta misteriosa, que conta tudo que vai acontecer durante o dia: o atraso incomum, a tarde de folga da escola, o aluno transferido Kakeru Naruse, e o convite da turma para que todos voltem para casa juntos. O remetente? Ela mesma. Dez anos no futuro. E a "Naho do futuro" só tem um pedido: salve o Kakeru...!



Bati o olho na capa e fiquei encantada, amo a delicadeza da arte dessa história. Aliás, não só a capa, mas o material gráfico interno está de parabéns! É daquele tipo de história que lemos devagar por puro deleite visual. 

Toda hora eu me lembrava de Ps. Eu te amo e A mulher do viajante do tempo. Não sei se o autor conhece essas, mas o clima da história é leve e gostoso como nessas obras e ainda tem a carta misteriosa que faz o babado rolar.

Tudo acontece envolvendo os amigos: Takamiya Naho, Hiroto Suwa,Takako Chino, Saku Hagita, Azusa Murasaka, tentando salvar Kakeru Naruse.

À medida que as coisas vão acontecendo, a carta que Naho recebe vai se confirmando até que ela tem que decidir se vai se envolver e mudar o destino de Kakeru ou se vai deixar as coisas se confirmarem. Chorei com a história porque me deu aquela sensação de querer voltar no tempo e mudar umas coisas chatas que rolaram. Não tem como não se emocionar, todo mundo já quis uma oportunidade assim. E acompanhar Naho nessa empreitada foi lindo. Valeu muito a pena.

Ainda estou no primeiro de cinco, mas fiquei na vontade de comprar os outros. Preciso saber como isso acaba. 

Recomendo para quem gosta de viver intensamente cada dia.





Nenhum comentário:

Postar um comentário

POR ONDE AS ROMÂNTICAS PASSARAM