24/04/2017

0

Mary Balogh - Ligeiramente Pecaminosos - Arqueiro


Leituras de Flavinha nº 641

Em meio à Batalha de Waterloo, lorde Alleyne Bedwyn é ferido e dado como morto pela família. Ao acordar, ele se vê no quarto de um bordel sem lembrar quem é ou como foi parar ali. Sua única certeza é que deseja conquistar o coração do anjo que cuida dele todo dia.
Contudo, assim como ele, Rachel York não é quem parece. Depois de enfrentar uma situação difícil, que a levou a viver numa casa de pecados, agora a bela e inteligente jovem precisa recuperar seu dinheiro e as economias das amigas prostitutas, roubados por um falso clérigo. E o belo soldado de quem vem cuidando parece perfeito para se passar por seu marido e ajudá-la em seus planos.
Porém, apesar de ter perdido a memória, Alleyne não perdeu nada de sua sedução. De volta a Londres, os dois se envolvem em um escândalo pecaminoso e, a cada beijo, esquecem que seu relacionamento é apenas uma farsa e ficam mais perto de se entregar à paixão.

Alleyne Bedwyn se tornou um diplomata, mas em sua missão de entregar uma carta para o Duque de Wellington, acaba sendo atingido por um tiro na perna. Para piorar em sua volta para Bruxelas sofre uma queda de um cavalo e bate a cabeça. Nu e ferido ele está praticamente a um passo da morte, perdido na floresta.

Rachel York se tornou uma dama de companhia depois de perder o pai e se ver sozinha no mundo. Em Bruxelas ela encontra sua antiga ama, Bridget Clover, que se tornou uma prostituta junto com as amigas Phyllis, Flossie, Geraldine. Rachel fica encantada com o reverendo Nigel Crawley que na verdade é um charlatão e foge com todas as suas economias e as economias das suas adoráveis amigas (o quarteto de prostitutas).

Elas precisam de dinheiro desesperadamente, então saem em busca de mortos no campo de batalha, para saquearem os seus pertences. Óbvio que elas não conseguem ser tão mesquinhas. E Rachel, ainda encontra na floresta o jovem Alleyne nu, ferido, mas ainda com vida! E o leva para onde? Com a ajuda sargento Strickland, um oficial que perdeu um olho na guerra, ela o leva para o bordel!!!!
– Venha cá – disse Alleyne baixinho.
Rachel pareceu assustada por um instante e ele pensou que ela se recusaria. Porém, a jovem sentou na beira da cama dele. Parecia haver menos ar no quarto do que pouco tempo antes. O olfato dele foi atiçado por um aroma que Alleyne sempre associara a ela.– Rosas?
– Gardênia. É o único perfume que já usei. Gosta? – perguntou Rachel, e ocorreu a ele que a jovem estava flertando.– Gosto. Alleyne a observou umedecer o lábio superior. Rachel tinha os lábios mais desejáveis que ele já vira.
A história então segue com o desmemoriado Alleyne em busca de suas recordações, as prostitutas em busca do reverendo vigarista e seu dinheiro, sargento Strickland em busca de uma nova profissão e Rachel em busca de sua herança (em confiança com o seu tio). 

Achei a Rachel uma mocinha bem meia boca, mas, o Alleyne é perfeito até mesmo desmemoriado! E é claro, os Bedwyns são maravilhosos! Agora, só nos falta a história do Duque Bewcastle, Wulfric Bedwyn.

Série Os Bedwyns 
1 - Ligeiramente Casados
2 - Ligeiramente Maliciosos
3 - Ligeiramente Escandalosos
4 - Ligeiramente Seduzidos
5 - Ligeiramente Pecaminosos
6 - Ligeiramente Perigosos

0 comentários:

Postar um comentário