[FECHAR]

10/06/2021

# Editora Arqueiro # Históricos e/ou de Época

Julia Quinn - Uma noite como esta - Arqueiro



Leituras de Pérola - 03


Anne Wynter pode não ser quem diz que é...

Mas está se saindo muito bem como governanta de três jovenzinhas bem-nascidas. Seu trabalho é bastante desafiador: em uma única semana ela precisa se esconder em um depósito de instrumentos musicais, interpretar uma rainha má em uma peça que pode ser uma tragédia ou, talvez, uma comédia – ninguém sabe ao certo – e cuidar dos ferimentos do irresistível conde de Winstead. Após anos se esquivando de avanços masculinos indesejados, ele é o primeiro homem que a deixa verdadeiramente tentada, e está cada vez mais difícil para ela lembrar que uma governanta não tem o direito de flertar com um nobre.

Daniel Smythe-Smith pode estar em perigo…

Mas isso não impede o jovem conde de se apaixonar. Quando ele vê uma misteriosa mulher no concerto anual na casa de sua família, promete fazer de tudo para conhecê-la melhor, mesmo que isso signifique passar os dias na companhia de uma menina de 10 anos que pensa que é um unicórnio.
O problema é que Daniel tem um inimigo que prometeu matá-lo. Mesmo assim, no momento em que vê Anne ser ameaçada, ele não mede esforços para salvá-la e garantir seu final feliz com ela.



Fiquei muito feliz quando soube que o segundo volume da série Quarteto Smythe-Smith seria sobre o Daniel, ele é um desses personagens que mesmo não sendo o protagonista da narrativa, consegue cativar os leitores despertando interesse para saber mais sobre ele, e foi exatamente isso que aconteceu comigo enquanto lia o livro anterior. 

Porém, enquanto Lorde Winstead é um livro aberto, Anne Wynter é um livro fechado a sete chaves. Com sua personalidade enigmática, encanta a todos da família Smythe-Smith, e por conta do fato de ser governanta das primas mais novas de Daniel, a história é repleta de momentos com Frances, Elisabeth e Harriet, que roubam a cena diversas vezes e deixam a história mais leve e divertida.

No entanto, sendo uma governanta, traz a problemática da diferença de classes e o quanto isso era levado em consideração em uma época que o mais comum eram casamentos por interesse de ascensão social. Tanto Daniel quanto Anne são personagens com uma vasta bagagem emocional por conta do passado que tiveram e neste volume terão de enfrentar seus medos e traumas, mostrando que fazer as pazes com o passado é a única maneira de viver plenamente o presente. 

O final trouxe um turbilhão de sentimentos e me emocionou muito, Smythe-Smith é uma das famílias literárias mais lindas que já li!

Série Quarteto Smythe-Smith
01 - Simplesmente o paraíso
02 - Uma noite como esta
03 -  A soma de todos os beijos
04 - Os mistérios de Sir Richard

Nenhum comentário:

Postar um comentário