[FECHAR]

14/05/2012

# Harlequin # Irmãos Buckhorn

Lori Foster – Gabe – Rainhas do Romance 59


Leituras de Carol nº 639
Título original: Gabe

Gabe Kasper, o homem mais famoso do condado de Buckhorn, poderia ter qualquer mulher que desejasse. Mas ele não tinha a menor intenção de se prender a alguém. A liberdade de estar com quem quisesse lhe satisfazia plenamente. Até que uma universitária ruiva apareceu… Elizabeth Parks precisava de Gabe para terminar seu trabalho sobre heroísmo. Mas ele não entendia como o fato de ter preservado algumas vidas o tornava tão especial. E ela estava quase convencida de que Gabe realmente era uma exceção à regra. Porém, quando ele salva sua alma e seu coração com uma atitude heróica e destemida, talvez a tese de Elizabeth possa finalmente ser comprovada…

A série dos irmãos que vivem no condado de Buckhorn é minha conhecida desde 2010. Os ebooks traduzidos por fãs causaram alvoroço nas comunidades do Orkut e grupos no Yahoo e Google.

Quando a Harlequin Brasil resolveu trazer a publicação para o Brasil fiquei felicíssima, pois poderia ter os livrinhos dos irmãos e sobrinho (estamos falando do Casey) #tudodebomgostosoehot na minha estante.

Cheguei a fazer a resenha do Sawyer (veja AQUI), mas acabei pulando a do Morgan (eu li nas férias e acabei não resenhando). Já Flavinha leu e resenhou os dois, confira AQUI e AQUI.

Mas olhando para o Gabe (para essa capa delícia!) resolvi relê-lo e trazer minhas impressões para os leitores e leitoras do blog.

Gabe é aquele cara que você dá graças aos céus por existir. Sabe aqueles problemas que temos em casa (desde o encanamento até o motor de um barco?), Gabe sabe consertar, isso enquanto aproveita o sol e exibe seu belo corpo (esses irmãos saidinhos... que já gostam de andar com pouca roupa por aí, rs).

Quando está em um de seus momentos de folga, eis que aparece Elizabeth. A mocinha está fazendo sua tese de doutorado que tem como tema os heróis. Onde Gabe se encaixa nisso? Há um tempo atrás ele salvou uma mãe com seus filhos de um acidente. Ele não entende como a ruiva pode ficar tão interessada nisso. 

Mas apesar de não concordar com o tema da pesquisa e não querer responder às perguntas de Elizabeth, algo nela o chama a atenção (talvez o modo empertigado, totalmente oposto ao “mito da ruiva quente”) e resolve fazer uma troca. Ele responde suas perguntas e ela aproveita as férias e quem melhor para guiá-la do que ele?

Eu sou fã confessa da Lori Foster, ela consegue trazer ótimas histórias, com a devida carga emocional, com cenas sensuais, com interação familiar (Sawyer, Honey, Misty e Morgan aparecem aqui) e, principalmente, sem recorrer aos príncipes, sheiks e milionários.

Os Irmãos de Buckhorn
Sawyer
Morgan
Gabe
Jordan
Casey

11 comentários:

  1. Suspiro por estes irmãos mesmo sem conhecê-los.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  2. Oie... Sigam o blog www.amordelivros.blogspot.com.br
    Tem promoção rolando!!!!

    Bjssssss

    ResponderExcluir
  3. todos fazem OOOOOOOOOOO~

    qUE LIVO É ESSE, MEU AMIGOO
    Selene Blanchard
    Blanc – ModaeEu.blogspot.com – TEM PROMOÇÃO COM BlackBerry,e outras duas especiais.
    Espero sua visita!

    ResponderExcluir
  4. Preciso começar essa série com urgência^^

    ResponderExcluir
  5. Precisando muito de um homem assim... ops, falei errado meninas,,, Precisando muito de ler sobre um homem assim... kkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  6. Aiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii kkkkkkk

    ResponderExcluir
  7. Gabe é meu preferido *___*
    Amo demais a Lori, todos os livros dela são fantásticos!
    Tomara que traduzam logo a última série q ela escreveu, aquela do booktrailer hot, Men Who Walk The Edge Of Honor, pq eu já li e é FANTÁSTICA!!!!!

    =*

    ResponderExcluir
  8. 'Gabe é aquele cara que você dá graças aos céus por existir.'
    Vou pegar já para ler! :D

    ResponderExcluir
  9. Dani!
    Corra e procure os livros da Lori Foster, ela é ÓTIMA!

    ResponderExcluir
  10. Ainda desconheço essa autora... mas gostei e sua descrição do Gabe... parece um fofo!!!

    ResponderExcluir

POR ONDE AS ROMÂNTICAS PASSARAM