20/12/2012

# Leituras de Carol # Novo Conceito

Stephanie Perkins - Anna e o Beijo Francês - Novo Conceito


Leituras de Carol nº 680
Título original: Anna an the French Kiss


Anna Pliphant não está nada entusiasmada com a ideia de se mudar para Paris, já que seu pai, um famoso escritor norte-americano, decidiu enciá-la para um colégio interno na Cidade Luz. Anna prefere ficar em Atlanta, onde tem um bom emprego, uma melhor amiga fiel e um namoro prestes a acontecer.
Mas ao chegar a Paris, Anna conhece Étienne St. Clair, um rapaz inteligente, charmoso e bonito. Só que Étienne, além de tudo, tem uma namorada... Anna e Étienne se aproximam e as coisas ficam mais complicadas. Será que um ano inteiro de desencontros em Paris terminará com o esperado beijo francês? Ou certas coisas simplesmente não estão destinadas a acontecer?

Esse livro chegou às minhas mãos através de um presente da Natália (Menina da Bahia) ele veio inclusive com um batom com gosto de chocolate que eu adorei (risos). Outro fato que motivou ainda mais a leitura foi a chegada de "Lola e o Garato da Porta ao Lado" da mesma autora.

Ao terminar a leitura... a primeira coisa que pensei, que história fofis! E hoje onde a maioria dos livros YA está envolvida com o sobrenatural ver uma história onde o dia-a-dia comum é focado é bom para dar uma respirada (mas eu gosto dos sobrenaturais tá?).

No começo do livro eu queria bater na Anna. Ela tá indo para Paris (hello! Paris!!!) e tá reclamando, fora que tem aquela atitude típica estadunidense de se achar o centro do mundo.

"Isto é tudo o que sei sobre a França: Madeline, Amélie e Moulin Rouge. A Torre Eiffel e o Arco do Triunfo também, embora não saiba qual a verdadeira função de nenhum dos dois... Também não estou certa do que eles fizeram, mas acho que tem alguma coisa a ver com a Revolução Francesa"

Aff você não estudou né, menina?! A tão falada independência do seu país teve forte influência da Revolução Francesa.

Mas bem... depois disso eu passei a vê-la com outros olhos... e Étienne? Ai ai ai... é praticamente o que uma garota sonha, inteligente, charmoso (porque no caso dele ser bonito é lucro) e apesar de ser também norte-americano e ter morado em Londres, ele representa o que a França tem de melhor.

Ainda bem que tudo não gira em torno de Anna e Étienne. Os pais de Anna são separados e procuram conviver amigavelmente (mas por favor não coloquem os dois para jantar, risos), detalhe, o pai da Anna é um clone do Nicholas Sparks.  Já os de Étienne não o são, mas era melhor que o fossem, pois isso cria muitos problemas para o garoto.

A turma de amigos do colégio é bem eclética e cada um cumpre bem o seu papel na trama. Claro que também tem aqueles que vamos odiar principalmente Amanda (a meio vilã) que me lembrou a Regina George do filme Meninas Malvadas.

E a mesma sensação que tive ao ver o filme que tive ao ler o livro, não esperava nada dele, mas no final me surpreendeu positivamente.

5 comentários:

  1. Achei a história super fofa. Tomara que o de Lola tb seja :)

    ResponderExcluir
  2. Eu também espero que seja, inclusive ele já passou na frente de outros :D

    ResponderExcluir
  3. O livro é meigo! Não é nenhuma obra-prima, mas a autora tem uma narrativa gostosa, que faz com que a história seja leve, tenha um ritmo legal e não seja bobinha como vários outros livros do gênero. Também espero que Lola me agrade tanto quanto Anna e o Beijo Francês me agradou. =)

    bjs
    livrolab.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Eu tinha um pé atrás com esse livro, mas só estou vendo boas resenhas sobre ele, ao menos me parece melhor que Bem mais perto.
    Darei uma chance.
    De certa forma entendo a Anna na questão de mudar, ir à Paris em férias é um sonho, mas mudar para lá e ter de começar td do zero deve ser apavorante. Mas por sorte surge um perfeito francês.
    Meninas malvadas, aquela vilã era irritante e boba. XD

    ResponderExcluir
  5. Adorava aquela vilã... justamente por isso kkkkkk

    ResponderExcluir

POR ONDE AS ROMÂNTICAS PASSARAM