14/03/2014

0

James Patterson e Ned Rust - O Dom - Novo Conceito



Leituras de Carol nº 786
Título original: The Gift


Os irmãos Allgood nunca desistem de lutar contra os poderes autoritários e desumanos d’O Único Que É O Único, mas, agora, eles estão sem Margô — a jovem e atrevida revolucionária; sem Célia — o grande amor de Whit; e sem seus pais — que provavelmente estão mortos... Então, em uma tentativa de esquecer suas tristes lembranças e, ao mesmo tempo, continuar seu trabalho revolucionário, os irmãos vão parar em um concerto de rock organizado pela Resistência onde os caminhos de Wisty e de um jovem roqueiro vão se cruzar. Afinal, Wisty poderá encontrar algo que lhe ofereça alguma alegria em meio a tanta aflição, quem sabe o seu verdadeiro amor... Mas, quando se trata destes irmãos, nada costuma ser muito simples e tudo pode sofrer uma reviravolta grave, do tipo que pode comprometer suas vidas. Enquanto passam por perdas e ganhos, O Único Que É O Único continua fazendo uso de todos os seus poderes, inclusive do poder do gelo e da neve, para conquistar o dom de Wisty... Ou para, finalmente, matá-la.

A parceria de James Patterson para a segunda história dos irmão Allgood é Ned Rust. 
Whit e Wisty já compreendem melhor os seus poderes e também como as coisas estão funcionando nesse mundo onde música, arte, diversão e até ser jovem é proibido. A caçada do O Único Que É O Único continua implacável e as armadilhas ficam mais perigosas. E outras situações vão colocar os irmãos em mais confusões.
Esse segundo livro me agradou mais que o primeiro. O ritmo dado pelos autores é o mesmo do e a forma em que os capítulos são escritos (alguns com uma página) continua não me agradando. Vamos ver o que James Pattersone  Jill Dembowski nos preparam para o capítulo final dessa história. 

Trilogia Bruxos e Bruxas

O Dom
O Fogo

0 comentários:

Postar um comentário