[FECHAR]

25/03/2013

# Eve Berlin # HOT

Eve Berlin - Luxúria - Lua de Papel


Leituras de Carol nº 704
Título original: Pleasure's Edge

Quando achava que era hora de parar... Ela então pediu por mais... Quando Dylan Ivory, escritora de romances eróticos, recebe o contato de Alec Walker, nem imagina o quanto esse homem pode mexer com seus pensamentos. Conhecido por ser um famoso dominador em relações sadistas e sadomasoquistas, Alec tenta convencer Dylan de que a melhor forma de se aprofundar no assunto - e então escrever um livro o mais próximo possível da realidade - é viver uma experiência como submissa e sentir na pele a sensação desse tipo de relação. Para Dylan, essa proposta será difícil de ser aceita - uma vez que ela é fanática por ter o controle de tudo em sua vida. Embalados por um misto de prazer e apreensão, o casal se vê em uma situação tentadora enquanto evitam entregarem-se ao sentimento que nasce entre eles.

E mais uma vez eu leio uma das "consequências" do sucesso da trilogia 50 Tons e não leio a dita cuja. Depois das resenhas da Flavinha (clica AQUI, AQUI e AQUI) sobre os livros da E.L. James creio que, pelo menos por enquanto, não vou lê-los. 

Mas isso não significa que eu deixe os outros títulos de fora. Quando Luxúria foi lançado pela Lua de Papel, fiquei na vontade. Pedi este livro em todos os amigos secretos que participei e ganhei em um deles. 

Não conhecia nada da autora (nem nas centenas de ebooks que já li) e, apesar de já ter lido várias resenhas não criei expectativa com o livro (o que sempre é bom).

Os dois personagens são escritores (ela, de livros eróticos e ele, livros de suspense), fortes e dominadores (experiências familiares os deixaram assim) mas Alec é o dominador quase por ofício e a partir do contato com Dylan, argumenta que para ela conhecer o mundo BDSM e o retratar em seu livro de forma realista, ela precisa vivenciar. E para isso ela tem que abdicar do controle, mas será que só Dylan deixa-se dominar?

Eve Berlin nos insere na cabeça dos personagens, no questionamento de porque estou me sentindo tão diferente com essa pessoa e em "não quero que isso acabe apesar de estar confuso para cacete". Eu SEMPRE adoro quando as autoras conseguem nos trazer a visão dos dois personagens e é quase cômico ver, principalmente o Alec, se digladiando com os próprios sentimentos. Tendo a necessidade até de conversar com um amigo (Dante de Matteo, personagem da próxima história) sobre o que está acontecendo. Dylan faz a mesma coisa, mas preferiria que a Mischa aparecesse pessoalmente e não somente ao telefone, apesar de achar que a aparição do Dante na trama foi para ratificar que ele é o personagem do próximo livro.

Enfim, mal posso esperar para ler o que a Eve aprontou para o Dante.

Série Edge:
1. Luxúria
2. No Limiar do Desejo
3. Temptation's Edge




Um comentário:

  1. Por coincidência, acabei de ler esse livro hoje e me decepcionei um pouco. Foi mais um relançamento (o livro é de 2010), por causa do sucesso do 50 Tons, como tu disseste. Porém, achei a história muito superficial, sendo mais um relato de cenas de sexo em sequência. Teve uma hora que pensei que o livro poderia ser um roteiro de filme pornô. O livro começou interessante, mas depois descambou, terminando com um final açucarado. O Alec me lembrou do Vishous da Ward(não acha?). Talvez eu dê uma chance para o Dante, no próximo livro da trilogia.
    Beijos!!

    ResponderExcluir

POR ONDE AS ROMÂNTICAS PASSARAM