[FECHAR]

14/07/2014

# Editora Arqueiro # Hathaways

Lisa Kleypas - Manhã de Núpcias - Arqueiro



Leituras de Carol nº 806
Título original: Married by Morning


Quando herdou o título de lorde Ramsay, Leo Hathaway e sua família passavam por um dos momentos mais difíceis de sua vida. Mas agora as coisas vão bem. Três de suas quatro irmãs já estão casadas, uma preocupação que Leo nunca teve consigo mesmo. Solteiro inveterado, ele tem uma certeza na vida: nunca se casará. 
Mas então a família recebe uma carta que pode pôr tudo isso em risco: se Leo não arrumar uma esposa e gerar um herdeiro dentro de um ano, ele perderá o título e a propriedade onde todos vivem. 
Solteira e sem pretendentes, a governanta Catherine Marks talvez seja a única salvação da família que a acolheu com tanto carinho. O único problema é que Leo não compartilha do mesmo afeto que suas irmãs têm pela moça. 
Para ele, Catherine é uma megerazinha cheia de opinião que fala demais. Apesar de irritá-lo e quase o levar à loucura, ela é a primeira – e única – mulher com quem ele considera se casar. 

Catherine, por sua vez, tem uma opinião igualmente negativa a respeito do patrão. Além disso, ela esconde alguns segredos do passado e um deles pode destruir a vida que tão cuidadosamente construiu para si. 
Agora Leo e Catherine precisam um do outro, mas para vencer as dificuldades e consertar as coisas eles terão que superar as turras e as diferenças, num romance intenso e sensual que só Lisa Kleypas poderia ter escrito.

A animosidade entre Leo e Catherine que entrevemos nos livros anteriores chega a seu ponto alto em Manhã de Núpcias, o primeiro trecho do livro já dá o tom.


Qualquer um que já tenha lido um romance sabe que as governantas devem ser dóceis e submissas. Também devem ser caladas, servis e obedientes, isso sem mencionar respeitosas com o dono da casa. Leo – lorde Ramsay – ficou se perguntando, irritado, por que eles não tinham conseguido arranjar umadessas. Em vez disso, a família Hathaway contratara Catherine Marks, que, em sua opinião, projetava uma imagem pouco lisonjeira à classe."


Claro que sabíamos que tantas brigas e discussões só mostravam que um se importava com o outro mais do que a relação empregado/patrão. 

As discussões que permeavam os outros livros agora são constantes, afinal eles são o casal principal da história, mas também o desejo que um sente pelo outro começa a ficar incontrolável. E já "conformado" Leo resolve "pegar pesado" com Cat... 


"Você já devia saber que sempre a desejei, Cat. E já tive fantasias tão pecaminosas com você que ambos seríamos mandados diretamente para o inferno caso eu lhe contasse."

Durante os livros anteriores vamos torcendo pelo Leo, afinal ele sofreu muito e no início não soube lidar muito bem com a morte da amada, mas qualquer pessoa com uma veia romântica saberia que Leo não ficaria sozinho só vendo as irmãs encontrarem suas almas gêmeas. Para isso Lisa Kleypas resolver colocar Catherine no caminho da família Hathaway. Catherine também sofreu muito, nunca teve uma família e trabalhar para estas pessoas excêntricas e amorosas a faz ver como uma verdadeira unidade familiar deve ser, mas ela fica inquieta com Leo. No livro passado ficamos sabendo que Catherine é meia-irmã de Harry, mas ainda há muito o que descobrir sobre ela. 

E mais uma vez (já está ficando quase chato dizer isso), Lisa Kleypas nos traz uma ótima história. A forma como Leo e Cat sucumbem a paixão e ao amor entre ambos, a interação familiar e os vislumbres de como será a próxima história (agora é a vez da Beatrix) nos deixa com um gosto agridoce, queremos ler logo a próxima, mas ao mesmo tempo ficamos tristes, pois será a última que tratará dessa família que conquistou os corações brasileiros. 

Série Os Hathaways:

1. Mine Till Midnight -  Desejo à meia-noite - Cam Rohan e Amelia Hathaway
2. Seduce at Sunrise -  Sedução ao amanhecer - Win Hathaway e Kev Merripen
3. Tempt Me at Twilight -  Tentação ao pôr do sol - Henry e Poppy Hathaway
4. Married By Morning - Manhã de Núpcias - Leo Hathaway e Catherine
5. Love In The Afternoon - Beatrix Hathaway e Christopher

Nenhum comentário:

Postar um comentário

POR ONDE AS ROMÂNTICAS PASSARAM